CNTE apoia Dia Mundial de Luta contra a Aids

Publicado em Quinta, 01 Dezembro 2016 12:23

dia mundial de luta contra a aids banner site 2016

Neste 1° de Dezembro, dia em que é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a Aids, o Brasil tem pouco a comemorar. Dados divulgados na quarta-feira, 30, pelo Ministério da Saúde mostram que as taxas registradas no ano passado de infecções e de óbitos são praticamente as mesmas relatadas há dez anos.

As taxas de mortalidade cresceram nas Regiões Norte e Nordeste e caíram no Sudeste, entre 2005 e 2015. Como consequência, a estatística nacional fica inalterada. São 5,6 óbitos a cada 100 mil habitantes.

Atualmente, cerca de 112 mil pessoas no Brasil vivem com o HIV e desconhecem essa condição. Pelos cálculos do Ministério da Saúde, outras 260 mil sabem que têm o vírus, mas não querem iniciar o tratamento.

Segundo o infectologista Manuel Palácios, do Hospital Anchieta (DF), na década de 80, a doença pelo HIV era chamada, de forma preconceituosa, de ‘peste cor de rosa’, porque atingia muitos homossexuais homens. “Logo após as políticas serem voltadas para este grupo, as pessoas começaram a se cuidar mais e nos anos seguintes os índices aumentaram entre homens e mulheres heterossexuais. Hoje os homossexuais (homens) voltaram a ser o principal grupo transmissor e o que está adquirindo o HIV”, explica.

De acordo com o presidente da CNTE, Roberto Leão, a CNTE se preocupa com o tema e por meio do seu coletivo realiza diversas atividades para conscientizar não apenas os trabalhadores e trabalhadoras em educação, mas toda a população sobre a doença.

Como uma das ações para levar informação aos educadores, o Sindicato dos Professores no Distrito Federal - SINPRO/DF, filiado à CNTE, realiza, hoje 1/11 uma atividade Politico-Cultural com apresentação de show de mímica, exibição de filme e apresentação de palestra com debates, das 9h às 12h, na sede do SINPRO-DF, localizada no Setor de Indústrias Gráficas – SIG, Quadra 06, Lote 2.260, Brasília, DF.

Coletivo DST/AIDS da CNTE

Com o tema “Todos por um mundo sem HIV/Aids”, a CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, realizou em Natal/RN, de 05 a 07 de junho de 2016, mais um encontro do seu coletivo DST/AIDS. Este grupo de trabalho foi criado há oito anos e vem impactando positivamente as comunidades escolares alcançadas pela atuação dos sindicatos engajados.

No evento foi apresentada a campanha para o programa DST/Aids para 2016. Com o slogan “Eu sou livre. Eu me amo. Eu me cuido. Todos por um mundo sem HIV/Aids”, ela reforça o preservativo como a mais importante arma de combate ao HIV e Aids, trabalhando a mensagem de prevenção entre os jovens.

Diferença entre AIDS e HIV

A AIDS é a fase final da infecção pelo HIV. Ter o vírus não significa que a pessoa tem a AIDS. Há soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Mas, podem transmitir o vírus.

“Antigamente, entre a contaminação e a fase final, estimava-se um tempo de três anos. Hoje em dia, há certa ‘adaptação’ do vírus ao corpo humano, e pode ser que este tempo tenha aumentado em um ou dois anos. Atualmente o vírus pode ser identificado mais cedo e o paciente pode ter uma sobrevida mais longa e saudável. Existem pacientes há mais 25 anos com a doença que vivem bem. Entre as grávidas soropositivas, as chances de transmissão de mãe para filho são em todo de 15% a 30%, caso a paciente não tome o 'coquetel' (terapia antirretroviral) durante a gestação”, conta o infectologista.

Sintomas

“O HIV tem duas fases: a aguda, que acontece entre 4 a 8 semanas depois do contato inicial com o vírus e se parece bastante com uma gripe comum (com febre, dor de garganta, dor no corpo e outros sinais). Depois deste período, o infectado fica um bom tempo sem sentir nada, com a saúde recuperada. Os grandes sintomas clínicos do HIV aparecem um pouco antes da fase final. O sistema imunológico torna-se muito frágil e o paciente fica suscetível a contrair doenças oportunistas, em graus mais agressivos, como pneumonias, encefalites, tuberculose e até alguns tipos de cânceres”, descreve Palácios.

Diagnóstico

Para descobrir a existência do vírus no organismo, basta fazer um dos testes existentes, em clínicas especializadas ou no Sistema Único de Saúde (SUS), para diagnosticar a doença, realizado a partir da coleta de sangue.

Tratamento

É feito acompanhamento periódico com profissionais de saúde e a realização de exames. Atualmente, o famoso cocktail é formado inicialmente por três antirretrovirais e o tratamento é iniciado independente do grau de imunidade que o paciente apresenta. Os remédios buscam controlar o HIV pelo maior tempo possível, diminuindo a multiplicação do vírus no corpo e recuperando as defesas do organismo.

Assim pega

Sexo vaginal sem camisinha; sexo anal sem camisinha; sexo oral sem camisinha; uso de seringa por mais de uma pessoa; transfusão de sangue contaminado; da mãe infectada para seu filho durante a gravidez, no parto e na amamentação e instrumentos que furam ou cortam não esterilizados.

Assim não pega

Sexo desde que se use corretamente a camisinha; beijo no rosto ou na boca; suor e lágrima; picada de inseto; aperto de mão ou abraço; sabonete/toalha/lençóis; talheres/copos; assento de ônibus; piscina; banheiro; doação de sangue ou pelo ar.

 
 
  14/08/2017
Boletim CNTE 797
Jornada de Lutas da Juventude Brasileira
INFORMATIVO CNTE 797  
 
 
Audiência no Senado debate reforma da previdência (01/08/2017)
 
 

Programa 593: Lei de Responsabilidade Educacional é tema de audiência na Câmara dos Deputados

 
 

O fim do PNE é mais uma consequência do golpe

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Em paralisação estadual realizada na última terça-feira (15/08), os trabalhadores (professores e funcionários) das escolas de tempo integral do Piauí realizaram uma reunião no Clube do Sinte-PI, que...
O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, e o presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, participaram do 1° Seminário de Educação da...
A subsede de Cuiabá, do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), convoca os profissionais das escolas, creches e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) para Assembleia Geral, nesta...
Estudantes da Educação Básica e Ensino Superior de Mato Grosso realizam, nesta quinta-feira (17), um ato na Praça Ipiranga com passeata pelas ruas do Centro. A manifestação faz parte da Jornada de Lutas de...
Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil A perda de direitos trabalhistas deve aflorar um cenário já desfavorável aos professores; alguns estados mantêm 60% de seus docentes como temporários. Em 34 anos de...
O dia 17 de agosto vai entrar para o calendário de luta dos trabalhadores de Salvador. Isto porque a data será celebrada pela APLB-Sindicato e o Sindseps como o Dia de Luta do Servidor Municipal, cuja concepção foi aprovada...
Nesta quinta-feira (17/08), o Sind-UTE/MG convoca os profissionais da educação para assembleia estadual, com paralisação total de atividades. Durante essa assembleia, estarão na pauta assuntos que tratam sobre o que...
O impasse entre a Prefeitura de Maceió sobre a campanha salarial da rede municipal de educação foi tema de uma audiência no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), na última segunda-feira (14/8). De um lado, o...
Entre os objetivos do Conape 2018, com participação confirmada de 18 estados, estão o monitoramento das metas para o setor e a análise das medidas do governo Temer contra o Plano Nacional de...
Trabalhadoras e trabalhadores da Educação que atuam nas sete escolas estaduais de período integral em Cuiabá e Várzea Grande realizam nesta quarta-feira (16), um dia de paralisação com ato na Secretaria...
Em assembleia realizada nesta segunda-feira (14/08), após ampla discussão, as/os servidoras/es da educação pública municipal de Delmiro Gouveia rejeitaram a proposta de reajuste de 4% (quatro por cento), dividida em...
Representantes dos sindicatos e associações que compõem o Fórum Sindical participam hoje (15) da sessão vespertina da Assembleia Legislativa para cobrar os parlamentares sobre o teor da Reforma Administrativa e da Lei...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.