SE: Nota pública da direção do Sintese em relação às agressões do governador Jackson Barreto e de seu líder na assembleia legislativa

Publicado em Quinta, 31 Agosto 2017 10:04

banners giro pelos estados 2

1. Desde quando foi vaiado estrondosamente pelo povo do sertão no momento da visita de Lula a Sergipe, o governador Jackson Barreto, escolheu um algoz: o Sintese. Ao invés de reconhecer a desaprovação ao seu governo pelo povo sergipano e tentar redirecioná-lo, Jackson ataca o sindicato como se só isso fosse dar fôlego pra que ele siga arrastando ao caos o governo de Sergipe.

2. No mesmo dia que Lula deixou Sergipe, Jackson enviou para Alese projetos de Lei que criam previdência complementar, teto salarial para os servidores, e propõe a fusão do Finanprev e Funprev. Uma fusão por si só, sem novos recursos adicionais. Uma tentativa de ter um fôlego até o final do seu governo para pagar aposentados dentro do mês, e doravante, ter-se o caos instalado em Sergipe com os dois fundos previdenciários quebrados.

3. A direção do Sintese ao ser informado, pela deputada Ana Lúcia, do ocorrido tratou de mobilizar os professores, assim como a CUT os demais trabalhadores para resistirem à fusão sem que houvesse capitalização. Levamos dados, um estudo sério feita pela professora doutora, da UFRJ, Mireli Malaguti, em que demonstrava a viabilidade da fusão desde que houvesse capitalização dos fundos, sobretudo com recursos da dívida ativa do estado e dos royalties do petróleo, inclusive do pré-sal.

4. Sem conseguir convencer os deputados e os presentes sobre a aprovação da fusão dos fundos sem capitalização, e contando histórias em tom de sarcasmos, o deputado Francisco Gualberto quis se vitimizar, de forma patética, informando que uma professora aposentada presente na plenária desejava sua morte. Foi o artifício para Gualberto taxar o Sintese de “Escola do Mal” e usar a morte do governador Déda para dar vazão ao seu ódio. Esqueceu-se Gualberto que quem tentou agredir de forma violenta uma pessoa, foi o próprio, no "episódio do facão".

5. Aliás, Francisco Gualberto toda vez que lhe faltam argumentos traz a público debates rasteiros, torpes, usando a figura de pessoas já falecidas, assim como ocorreu na terça-feira, dia 30, ao citar o nome do companheiro José Ananias em uma entrevista numa emissora de rádio. Ananias foi um professor militante, chegou a ser vice-presidente do Sintese, teve uma história de luta e de retidão. Gualberto, assim, se pôs a mentir sobre um episódio que envolvia assessoria de seu gabinete, coisa de chocar a todos que conheceram Ananias. A torpeza desse cidadão é tão brutal, que não poupou alguém que já não está mais entre nós, e não pode se defender.

6. Rendidos aos estudos feitos pelo Sintese, defendido bravamente pela Deputada Ana Lúcia, e encurralado pela conjuntura, o governador Jackson Barreto e o deputado Francisco Gualberto já anunciam a capitalização do Finanprev, justamente com parte das propostas apresentadas pelo Sintese, mas, obviamente, não faria isso sem antes taxar o Sintese de nazista e a deputada Ana Lúcia de oportunista e falsa revolucionária. A história do Sintese e da deputada Ana Lúcia se assemelham. São de destemor, de força , de propostas, de estudos, de garra, de luta por uma sociedade justa e igualitária. Os dois orgulham Sergipe, enquanto o governador Jackson recebe vaias e Gualberto se esconde do povo.

7. Queremos aposentados recebendo dignamente seus salários, apresentamos as saídas. Queremos todos os professores recebendo piso salarial conforme a lei, obedecendo a carreira, apresentamos as propostas. Queremos nossos estudantes tratados com dignidade, escolas melhores, educação de qualidade, apresentamos um projeto de escola democrática e popular.

8. O Sintese e a luta da deputada Ana Lúcia ficarão na história porque não se renderam ao autoritarismo, à soberba nem às facilidades do poder. Ao governo Jackson, que reveja seus caminhos, priorize o povo, negocie com os trabalhadores, redima-se de ter ajudado o golpe. Ao deputado Francisco Gualberto, a história nos seus anais vai mostrar que o seu mote histórico de campanha mudou: de “um operário na vida deles (os burgueses)”, e passou a ser “um deputado deles na nossa vida”. O senhor escolheu seu lado, e nós estaremos do lado de cá, onde a classe trabalhadora prepara e organiza a próxima batalha.

(Sintese, 31/08/2017)

 
 
  20/11/2017
Boletim CNTE 806
Dia 20 de novembro é Dia da Consciência Negra: por uma escola sem racismo!
INFORMATIVO CNTE 806  
 
 
CNTE convoca trabalhadores a participarem de paralisação contra a retirada de direitos (09/11/2017)
 
 

Programa 594: Medida Provisória que trata do novo Fies dificulta o acesso ao ensino superior

 
 

Formação escolar cidadã, democrática e plural não pode reverberar ideologias reacionárias e fascistas

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O Conselho Nacional de Entidades – CNE, instância deliberativa da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, que reuniu em Contagem/MG no dia 19 de novembro de 2017 mais de 100...
O que o mundo mais precisa a tradição africana ensina: ubuntu é o jeito de viver e conceber as relações humanas que pensa a comunidade em seu sentido mais pleno, como uma grande família. E é nesse...
Depois de encerrados os trabalhos no IV Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano, na sexta-feira (17/11), os participantes marcharam pelas principais ruas do centro de Belo Horizonte em defesa da educação pública e...
Nesta segunda-feira (20) a partir das 9h, a Praça Tamandaré, em Goiânia, será abraçada por mais de 1.500 estudantes, profissionais da educação e parceiros na 17ª edição do projeto...
Entre os dias 13 e 17 de novembro, Contagem, município da região metropolitana de Belo Horizonte-MG, foi palco de grandes eventos da educação. Atendendo ao chamado da Confederação Nacional dos Trabalhadores em...
CONTAGEM/MG – A Diretoria Executiva está reunida hoje (18), em Contagem/MG para fazer os encaminhamentos que antecedem a realização do Conselho Nacional de Entidades (CNE). Entre os assuntos que serão tratados, a...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, torna público o seu APOIO...
Depois de três dias intensos de debates, os participantes do IV Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano aprovaram a Declaração de Belo Horizonte, que vai indicar o rumo das políticas das...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, vem a público REPUDIAR...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação convoca todos os trabalhadores a participarem, nesta sexta-feira (17/11), de um ato público em defesa da educação no centro de Belo Horizonte, na...
Os diretores do Sinte-PI, João Correia (secretário de comunicação) e Joseneide Barbosa (secretária jurídica), foram até a Assembleia Legislativa (ALEPI) na última terça-feira (14/11),...
Essa foi a questão principal da última plenária geral do segundo dia do IV Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano, que acontece no Centro de Convenções do Actuall Hotel, na região...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.