RS: Nota pública do Comando Estadual de Greve

Publicado em Quarta, 25 Outubro 2017 10:48

banners giro pelos estados 2

Ao completar 50 dias de Greve, o governo Sartori segue desrespeitando os educadores, os pais, os estudantes e a comunidade escolar ao cancelar a audiência com o CPERS. O governo insiste no discurso em que a única saída é a adesão ao regime de recuperação fiscal, o qual sabemos que se for aceito irá congelar os investimentos nas áreas essenciais à população, educação, saúde e segurança; estenderá o arrocho salarial até 2020 e aumentará em R$ 30 bilhões a dívida com a União, além de impor a privatização.

Ao invés de buscar alternativas para o término da greve, com a apresentação de propostas, Sartori ataca, cada vez mais, os professores e os funcionários de escola e semeia ilusão para a sociedade, fingindo um diálogo e uma negociação que de fato nunca existiram.

Do início da greve até agora, foram conquistadas pelo CPERS, através da pressão da categoria, quatro audiências. Em nenhuma delas, o governo demonstrou interesse em solucionar o impasse e nem preocupação com os educadores, os estudantes, os pais e a comunidade escolar.

Sartori segue fingindo preocupação, mas suas ações o contradizem, pois acentuam a permanência do impasse. Para a imprensa e a sociedade tenta vender a imagem de diálogo e negociação. Mas, na verdade, tem uma postura totalmente autoritária, constatada em ataques como: ameaça de corte de ponto e demissão de educadores contratados. Como se não bastasse, o último absurdo proposto pelo governo, foi o remanejamento de estudantes de escolas em greve para instituições em que a paralisação ainda é baixa. Ação que expressa bem o descaso com o direito constitucional a uma educação pública de qualidade.

Até agora, os únicos que demonstraram, realmente, preocupação e interesse em resolver o impasse foram os educadores, os estudantes e os pais. Toda a sociedade gaúcha quer uma solução, exceto o governo. Inclusive, os interlocutores, o secretário da educação, o empresário Ronald Krummenauer, o chefe da Casa Civil, Fábio Branco e a secretária adjunta da educação, Iara Wortmann, que o governo coloca para o pseudo diálogo com o CPERS, não tem nenhum poder de decisão.

O diálogo tão afirmado pelo governo ocorre mesmo é com uma parcela dos grandes empresários para os quais concede isenções fiscais e benefícios. Por que o governo não escolheu essa parcela para “resolver a crise”? Por que o peso do ajuste fiscal recai sobre os ombros dos trabalhadores, atingindo as políticas públicas e penalizando toda a comunidade gaúcha?

Após o exposto acima, fica claro que o governo é irresponsável, prejudica os alunos e não tem compromisso com a educação.

Mais do que nunca, o encerramento do ano letivo está nas mãos do governo Sartori.

Nesta quinta-feira, dia 26, o CPERS realiza Aula Cidadã e Ato Show para denunciar os ataques do Sartori à população.

Diante da continuidade do escalonamento dos salários, já previsto para o final deste mês, o CPERS realiza Assembleia Geral Extraordinária no dia 31 para fortalecer a luta em defesa da educação pública e contra os ataques e ameaças deste governo arbitrário.

(CPERS, 24/10/2017)

 
 
  30/10/2017
Boletim CNTE 805
Intolerância patrocinada pelo Estado ameaça a sociedade. E é preciso combatê-la!
INFORMATIVO CNTE 805  
 
 
CNTE convoca trabalhadores a participarem de paralisação contra a retirada de direitos (09/11/2017)
 
 

Programa 594: Medida Provisória que trata do novo Fies dificulta o acesso ao ensino superior

 
 

Formação escolar cidadã, democrática e plural não pode reverberar ideologias reacionárias e fascistas

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, torna público o seu APOIO...
Depois de três dias intensos de debates, os participantes do IV Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano aprovaram a Declaração de Belo Horizonte, que vai indicar o rumo das políticas das...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, vem a público REPUDIAR...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação convoca todos os trabalhadores a participarem, nesta sexta-feira (17/11), de um ato público em defesa da educação no centro de Belo Horizonte, na...
O que o mundo mais precisa a tradição africana ensina: ubuntu é o jeito de viver e conceber as relações humanas que pensa a comunidade em seu sentido mais pleno, como uma grande família. E é nesse...
Os diretores do Sinte-PI, João Correia (secretário de comunicação) e Joseneide Barbosa (secretária jurídica), foram até a Assembleia Legislativa (ALEPI) na última terça-feira (14/11),...
Essa foi a questão principal da última plenária geral do segundo dia do IV Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano, que acontece no Centro de Convenções do Actuall Hotel, na região...
O Sind-UTE/MG, notificou, nesta quinta-feira (16/11/17) o Governador do Estado de Minas Gerais, Sr. Fernando da Mata Pimentel, em decorrência da prática do governo do Estado em relação aos consignados. Embora a...
Na última sexta-feira (10/11), diversas categorias da classe trabalhadora se reuniram em um movimento unificado, lutando pela revogação da Reforma Trabalhista e contra a Reforma da Previdência. O ‘Dia Nacional de...
Defensor da educação pública, gratuita e de qualidade, a APLB Sindicato Cruz das Almas está entre as representações que integram o comitê local do Plano de Ações Articuladas (PAR) e destaca...
Às vésperas do dia da Consciência Negra (20 de novembro), o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), por meio da regional Oeste (Baixada Cuiabana), realiza nos dias 17 e 18 de novembro o...
As organizações sindicais que participam do IV Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano, no Centro de Convenções do Actuall Hotel, na região metropolitana de Belo Horizonte, tiveram um momento para...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.