MT: Fórum debate cenário de EJA em Mato Grosso

Publicado em Segunda, 30 Outubro 2017 09:27

banners giro pelos estados 2

O XVI Encontro Estadual do Fórum Permanente de Debates da Educação de Jovens e Adultos de Mato Grosso (FPDEJA/MT) reuniu entre os dias 26 e 28 de outubro, na sede do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), representantes da Educação estadual, na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) para o debate sobre políticas que assegurem formação cultural e integral para os/as estudantes da modalidade.

Durante a abertura, na quinta-feira (26), foram exploradas as perspectivas para o futuro da Educação de Jovens e Adultos (EJA) diante do cenário de desmonte de direitos. Na sexta-feira (27), a discussão abordou “Cejas, em Mato Grosso: Garantia de tempos e espaços para os sujeitos da EJA?”

A vice-presidente do Sintep/MT, Jocilene Barboza, compôs a mesa de debates de sexta-feira, reforçando a análise conjuntural feita na mesa de abertura. De acordo com ela, o desmonte da modalidade não é uma situação pontual. As políticas de Educação estão impactadas pelas medidas nacionais, com viés economicista, que não asseguram espaços para as diferenças. “Numa política em que a educação não é prioridade, o projeto dos CEJAs automaticamente será minado. A proposta é debater uma alternativa”, destacou.

Jocilene esclareceu que, ao longo dos últimos anos, a desconstrução do CEJA tem colaborado para o alto índice de evasão na modalidade EJA. O projeto não teria sofrido reformulações necessárias ao longo dos anos, contribuindo para o desinteresse dos/das estudantes. “É preciso fazer o debate para a construção de uma educação que atenda a expectativa desses jovens e adultos”, diz.

O secretário de Políticas Educacionais da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Edinaldo Gomes de Souza, destacou a preocupação do governo Taques com o alto índice de evasão presencial dos/as estudantes da EJA. Diante do quadro, anuncou que a Secretaria elabora um projeto com o objetivo de assegurar o atendimento e garantir a qualidade do ensino. “Sem não mudar o fluxo de evasão e reprovação seremos os piores índices no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica)”, acrescentou.

Para o presidente do Sintep/MT, Henrique Lopes, a formação não deve seguir o modelo bancário com foco em índices. A nova realidade do mundo do trabalho não pode estar ancorada na economicidade. “O Ideb é importante, no entanto, avaliar qualidade apenas por três itens (evasão, repetência e proeficiência) não é suficiente. É preciso considerar prática educativa, gestão democrática, infraestrutura. Tem outros tópicos para considerar na avaliação da qualidade”, disse.

O diretor do Ceja Arão Gomes Bezerra, no município de Sorriso, Robson Machado, defendeu o debate para a pluralidade de ideias. Por sua experiência, desde 2008, com o Centro de Educação de Jovens e Adultos, acredita na proposta inovadora. “O Ceja integrava experiências positivas para a EJA. Era um projeto diferenciado que marcou a política educacional para a modalidade”.

Os debates continuaram no período da tarde com discussão e apresentação de vivência na EJA, reunião dos movimentos representantes do Fórum, até a finalização, no sábado (28), com a Plenária. Integraram os debates representantes dos educadores e das educadoras, gestores/as, movimentos social, Sistema S, ONGs, instituições de ensino superior, funcionários de instituições que oferecem EJA, movimento sindical e conselhos.

(SINTEP/MT, 28/10/2017)

 
 
  23/03/2018
Boletim CNTE 813
Debate sobre a privatização da educação repercute para dentro e fora do Brasil
INFORMATIVO CNTE 813  
 
 
INSTITUCIONAL CNTE | Resistência e Convocação para a Conape 2018 (01/12/2017)
 
 

Programa 599: Paralisações em diversas regiões do país cobram Piso Salarial e condições de trabalho

 
 

Lula é um preso político! A ditadura escancarada de Temer só sucumbirá com o povo nas ruas!

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
A greve da Rede Estadual de ensino do RN está suspensa. É o que foi decidido pelos trabalhadores em educação durante assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (19/04). O movimento grevista durou 29 dias. Os...
A morosidade da Secretaria Municipal de Educação na resolução dos avolumados problemas tem provocado indignação e desestímulo generalizado entre os trabalhadores da educação. As...
A presidenta do SINTEGO, Bia de Lima, esteve reunida nesta quinta-feira (19/4), com o secretário Estadual de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, para cobrar, novamente, o pagamento das progressões dos servidores da...
O programa de ações “Sintero Itinerante”, que levará as atividades do Sintero a todas as Regionais do Estado, teve início hoje, quinta-feira, dia 19/04, com reuniões e visitas às escolas em Pimenta...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, torna público o seu mais...
Dando continuidade às atividades da “Semana da Saúde Vocal do Sinteal”, a série de palestras itinerantes ocorreu, nesta quinta-feira (19), na cidade de Rio Largo, na Escola Fernandina Malta, tendo como palestrante a...
A “Semana da Saúde Vocal”, realizada pelo Coletivo de Saúde do/a Trabalhador/a do Sinteal, que acontece de 16 a 20 de abril, realizou mais uma “palestra itinerante”, nessa quarta-feira (18/4), na Escola Estadual de...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entidade representativa de mais de 4,5 milhões de trabalhadores das escolas públicas do país, entre professores, especialistas/pedagogos e...
Logo após as negociações que resultaram no encerramento da greve que durou 45 dias, o Sintero, por precaução havia divulgado tabela salarial dos professores estaduais considerando o piso salarial nacional no...
A atual situação da educação básica no Brasil e suas perspectivas para os próximos anos foi o tema do debate realizado nesta manhã na Comissão de Educação da Câmara dos...
O Sinteal realizou, nesta segunda-feira (16), no Espaço Cultural Profª Jarede Viana, na sede da entidade, o 2º Encontro do Coletivo de Saúde do/a Trabalhador/a. No “Dia Mundial da Voz”, a programação...
Em memória aos 22 anos do massacre de Eldorado dos Carajás, em memória aos 02 anos do golpe contra a presidenta Dilma Roussef, movimentos sociais de Alagoas realizaram, na manhã deste dia 17 de abril (3ª feira), um...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.