AL: Sinteal participa de ato público em defesa da Eletrobrás

Publicado em Quinta, 08 Fevereiro 2018 14:21

2018 02 08 giro sinteal

Na manhã desta quinta-feira (8), o Sinteal participou de ato público em frente à Eletrobrás Alagoas (Av. Fernandes Lima), organizado pelo Sindicato dos Urbanitários de Alagoas. A mobilização da categoria vem sendo feita há meses, contra a tentativa da empresa de acabar com o patrimônio público brasileiro prejudicando os trabalhadores/es e a população em geral.

Foi agendada para hoje, em Brasília, uma Assembleia Geral Extraordinária entre acionistas da empresa, onde será feita a escolha entre a privatização ou a liquidação das distribuidoras do grupo Eletrobras. Ou seja, os acionistas deverão escolher qual o destino das distribuidoras de Alagoas, Acre, Rondônia, Amazonas, Roraima e Piauí. Decidirão se essas empresas serão vendidas ou se serão simplesmente liquidadas, ou seja, extintas.

Em resposta a isso, aconteceu uma paralisação em todo o Estado, um grupo foi até Brasília fazer enfrentamento direto no local da assembleia. Simultaneamente, ocorreu ato público em Maceió, com o apoio de outros movimentos, como a CUT e o Sinteal.

Consuelo Correia, presidenta do Sinteal, ressaltou o prejuízo que a população enfrenta quando as empresas nacionais são vendidas. "Serviços básicos à população são obrigação do Estado. Os bens naturais, como água e energia, são propriedade do povo brasileiro, devem ser controlados pelo Estado. Entregar o patrimônio à especulação do capital é uma irresponsabilidade de uma gestão que não tem compromisso o povo. Não vamos admitir!", disse ela.

O sindicato dos Urbanitários alerta que "Nenhum empresário irá investir seu dinheiro onde não terá retorno financeiro, pois essa é a lógica do capitalismo, apenas, o lucro. A gestão de setores como água e energia precisa ficar sob o controle público, pois são estratégicos para o crescimento do país, para sua segurança institucional e, sobretudo fundamental para a garantia de que as populações mais pobres tenham acesso a estes serviços essenciais à vida humana. Caso haja privatização, como ocorreu em outros países, fatalmente haverá aumento das tarifas, levando os mais pobres a não ter condições de garantir esses serviços em suas residências. A expectativa é que os acionistas decidam pela manutenção destas empresas sob o controle do Estado, garantindo assim a manutenção da tarifa social e a universalização deste serviço para toda a população”.

(Sinteal, 08/02/2018)

 
 
  10/12/2018
Boletim CNTE 824
É urgente que as entidades educacionais se manifestem contra a aprovação sorrateira da nova BNCC do Ensino Médio
INFORMATIVO CNTE 824  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 606 - Vitória: projeto "Escola Sem Partido" é arquivado

 
 

Parlamentares, educadores/as, estudantes e sociedade derrotam o projeto da Lei da Mordaça na Câmara dos Deputados: uma vitória da resistência!

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
No último dia 13 foi lançada, na cidade de São Luís do Maranhão, a Frente Norte de Nordeste de luta em defesa da educação e da subvinculação dos recursos dos precatórios do Fundef...
Os profissionais da rede municipal de Educação de Miracema do Tocantins decidiram paralisar as atividades nesta terça-feira, 18, em protesto contra a prefeitura pelo não cumprimento da pauta de reivindicações...
Vivemos uma conjuntura de retrocessos em escala mundial. No Brasil, este processo foi acelerado com a eleição fraudulenta de Jair Bolsonaro, pois durante o processo eleitoral houve abuso do poder econômico, que não foi nem...
O Sinteal abriu suas portas, na tarde desta quinta-feira (13/12), para receber centenas de crianças (e familiares) do bairro do Mutange (e entorno), que participaram do já tradicional “Auto de Natal”, que teve...
A prefeita de Guaraí, Lires Ferneda (PSDB) se nega a responder onde foi parar o saldo dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), referente ao ano de 2017. Segundo...
Eleita, nesta quarta-feira (12.12), a nova gestão do Conselho Estadual Alimentação Escolar para mandato 2018 a 2022. Ao todo 28 membros, entre titulares e suplentes, representando quatro segmentos da sociedade (Poder Executivo,...
O Sind-UTE/MG – Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, vem a público, repudiar a decisão do Governo do Estado, em dar tratamento diferenciado para o pagamento de salários a...
Em contato que manteve nesta quarta-feira, 12/12, com o Chefe de Gabinete da Secretaria Estadual da Educação, a Presidenta da APEOESP, Maria Izabel Azevedo Noronha - Professora Bebel*, obteve a realização de uma...
Professora BebelPresidenta da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de SP)Deputada Estadual eleita O arquivamento da tramitação do projeto da “escola sem partido” na comissão especial da Câmara dos...
Vitória da resistência do setor educacional brasileiro: os parlamentares da oposição derrotaram o projeto denominado “Escola sem Partido”. A CNTE sempre esteve presente nas audiências públicas,...
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado A Comissão de Educação do Senado Federal iniciou hoje a discussão do PLC 88/2018 (oriundo do PL 1.287/11, da Câmara dos Deputados), que estabelece diretrizes para a...
“Eu sou aquela mulher  a quem o tempo muito ensinou. Ensinou a amar a vida E não desistir da luta, recomeçar na derrota, renunciar a palavras e pensamentos negativos. Acreditar nos valores humanos e ser otimista.” Cora...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.