RO: Governador Confúcio Moura diz que vai agilizar proposta para os trabalhadores em educação

Publicado em Segunda, 12 Março 2018 17:16

banners giro pelos estados 2

O governador Confúcio Moura disse que vai determinar aos secretários integrantes da Mesa de Negociação Permanente (MENP) que agilizem a apresentação de proposta visando ao atendimento das reivindicações dos trabalhadores em educação.

O anúncio foi feito pelo próprio governador na tarde deste sábado, dia 10/03, em Ariquemes, em uma reunião marcada de urgência.

A reunião foi intermediada pelo deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), que entrou em contato com o governador e pediu que ele recebesse a diretoria do Sintero em audiência.

Segundo o deputado, o governador respondeu que só receberia duas pessoas e que teria que ser ainda no sábado, naquele mesmo momento. O parlamentar, então, telefonou para a presidente do Sintero, Lionilda Simão, relatando a possibilidade de conversar diretamente com o governador Confúcio Moura.

A presidente do Sintero pediu para que uma reunião fosse agendada com a possibilidade de ter a participação de toda a Diretoria e de representantes das Regionais.

Diante da resposta negativa e da possibilidade única de relatar diretamente ao governador os problemas e as reivindicações dos trabalhadores, e cobrar uma solução, a presidente do Sintero pediu para que pelo menos quatro diretores do sindicato participassem do encontro.

Assim, participaram da reunião a presidente do Sintero Lionilda Simão, as diretoras da Executiva Dioneida Castoldi (Secretária Geral) e Maria de Fátima Rosilho, a Fatinha (Secretária de Políticas Sociais e Saúde do Trabalhador), e o diretor da Regional Estanho, Edson Luiz Fernandes.

A presidente do Sintero disse ao governador que os trabalhadores em educação passam por um dos piores momentos com salários defasados e falta de valorização, que as leis do piso nacional, do Plano Estadual de Educação e do Plano de Carreira não estão sendo cumpridas, e que o tratamento à categoria é desumano.

Foi repassado ao governador um levantamento que demonstra as perdas salariais dos trabalhadores em educação desde o início do seu primeiro mandato, em 2012.

Um professor Classe C ganhava em 2012 R$ 1.904,78 no vencimento, enquanto o Piso Nacional era de R$ 1.451,00. Ou seja, o vencimento do professor classe C era 31,27% maior que o piso.

O vencimento do professor classe C em 2018 é de R$ 2.218,00, ou seja , 10,7% inferior ao piso nacional, que está em R$ 2.455,00.

Se o governo do estado tivesse acompanhado os reajustes do Piso Nacional, hoje o vencimento inicial do professor classe C seria R$ 3.223,17, ou seja, 45,3% maior do que é pago atualmente.

Os Técnicos Educacionais também acumulam grandes perdas nos salários. Em 2012 o vencimento dos Técnicos nível 1 era de R$ 746,91 e o salário mínimo era R$ 622,00. Assim, o vencimento era 20,08% maior do que o salário nínimo.

Em 2018 o salário do Técnico nível 1 é de R$ 869,83 no vencimento, enquanto o salário mínimo está em R$ 954,00. Ou seja, atualmente o vencimento do Técnico nível 1 é 9,67% menor do que o salário mínimo.

Se a categoria tivesse recebido pelo menos os reajustes do salário mínimo,
Hoje teria um vencimento 31,7% maior e chegaria a R$ 1.145,56.

Após ouvir todo o relato, Confúcio Moura disse que vai determinar aos secretários para elaborem uma proposta e apresentem à categoria o mais breve possível.

(Sintero, 12/03/2018)

 
 
  23/03/2018
Boletim CNTE 813
Debate sobre a privatização da educação repercute para dentro e fora do Brasil
INFORMATIVO CNTE 813  
 
 
CNTE convoca trabalhadores/as a realizarem atos em defesa de Lula (07/05/2018)
 
 

Programa 601: CNTE lança campanha para o Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia

 
 

Lula é um preso político! A ditadura escancarada de Temer só sucumbirá com o povo nas ruas!

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Com o Clube Fênix Alagoana lotado, trabalhadoras/es de várias categorias do Município de Maceió, dentre elas a Educação, decidiram, em assembleia unificada, paralisar os trabalhos por 2 (dois) dias na...
Os educadores de Natal suspenderam a greve da categoria. A decisão foi tomada em assembleia na última quarta-feira (16), na ASSEN. Os profissionais deliberaram por voltar às atividades porque, na avaliação deles,...
O autoconhecimento é fundamental para a saúde e a harmonia pessoal. Pensando nisso, o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) promoveu uma palestra com a terapeuta corporal Ayuerda Enildes...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, torna público o seu mais...
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), junto aos demais sindicatos e associações representantes dos servidores públicos estaduais estiveram reunidos com o governador interino, Mauro...
Estudantes, professores, técnicos educacionais e centenas de comunidades dos distritos e da zona rural de Porto Velho estão sendo seriamente prejudicados pela prefeitura de Porto Velho devido à falta de transporte escolar.A...
Diretoras/es do Sinteal e do Núcleo Regional/Viçosa e trabalhadoras/es da rede municipal de Educação de Capela participaram, na quarta-feira (16/5), de sessão ordinária na Câmara Municipal, quando...
Nesta quarta-feira (16.5), representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) participaram da 1ª Conferência Mundial de Funcionários da Educação realizada em...
"É uma data de celebração, comemoração, mas também é um dia de luta. Neste ano no Brasil não temos muito a comemorar porque vivemos um golpe recheado de retrocessos. A comunidade LGBT...
Coordenada pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação há 15 anos, a SAM 2018 acontecerá entre os dias 3 e 10 de junho em todo o território nacional. Ela precede a data de aniversário do Plano...
Em defesa da educação livre de mordaça, o Sinteal realizou nesta quarta-feira (16), uma grande mobilização no município de Boca da Mata. Em sessão ordinária na Câmara Municipal de Vereadores...
Os alunos da Unidade de Educação Integral da Escola Municipal João Cabral, na Vila Verde (CIC), sofrem com o mau cheio causado por um vazamento no esgoto do banheiro. Além do incomodo, a situação expõe...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.