AL: Assembleia do Sinteal discute funcionamento das escolas durante a greve

Publicado em Quinta, 16 Agosto 2018 12:24

Assembleia16 0823

“Decisão judicial não se discute, se cumpre!” Com esse objetivo, o Sinteal realizou, na manhã desta quinta-feira (16), uma grande assembleia de greve da rede municipal de Maceió para discutir formas de organizar o movimento e o funcionamento do percentual exigido pela justiça para garantir a legalidade da greve.

Em decisão publicada na semana passada, a greve foi reconhecida legal, no entanto o desembargador Fábio Bittencourt recomendou que as escolas devem permanecer com 63,68% de seu funcionamento normal. Por isso a assembleia foi convocada. A presidenta do Sinteal, Consuelo Correia, comemora a decisão judicial e parabeniza o movimento que tem mantido a força. “É muito bom quando um operador da justiça reconhece que o nosso pleito é legítimo, vamos sim nos esforçar para cumprir o que foi determinado, mas manteremos a força da nossa mobilização no enfrentamento ao gestor”, garantiu Consuelo.

Em formato de roda, a assembleia foi caracterizada pela construção coletiva, com participação intensa da base, e de toda a diversidade de unidades de ensino que estava presente, apresentando as especificidades de cada uma. Com o propósito de contemplar todas as séries, tanto creche quanto as outras unidades, surgiram muitas ponderações, propostas e reflexões.

Algumas falas destacaram que a situação está muito precária por culpa da gestão municipal, e não da greve. “Está faltando até professor de português e matemática em algumas turmas do EJA”, exemplificou um professor. Ficou muito clara durante toda a reunião a preocupação de todas/os com as/os alunas/os. “Somos nós que nos preocupamos com os filhos da classe trabalhadora”, disse Consuelo Correia. “Nós somos mais sensíveis que o gestor, porque ele poderia ter evitado esse processo se não promovesse o sucateamento e a precarização”, completou uma professora.

Ficou definido que todas as escolas funcionarão nos mesmos dias, para que todas/os as/os trabalhadoras/es possam participar das mobilizações de greve. Três dias por semana nas escolas, os outros dois serão reservados para as atividades de greve organizadas pelo Sinteal. As escolas funcionarão da seguinte forma: Em uma semana haverá aula nos dias de segunda/terça/quarta, na semana seguinte a aula acontece nos dias de quarta/quinta/sexta. Essa alternância deve se repetir até o fim da greve.

Também ficou definido que, no dia 30/08 (quinta-feira), haverá um ato público na Praça Deodoro pela manhã, no mesmo horário da audiência de conciliação que está marcada no Tribunal de Justiça.

(Sinteal, 16/08/2018)

 
 
  22/10/2018
Boletim CNTE 823
Brasil tem a chance de mostrar ao mundo como defender a democracia
INFORMATIVO CNTE 823  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 605: Vidas Negras Importam - Dia da Consciência Negra

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
A cada três anos, o Sindipema realiza o Congresso dos Profissionais do Ensino do Município de Aracaju, órgão máximo deliberativo do sindicato. Neste ano, a conferencia acontece nos dias 22,23 e 24 novembro. Os...
O Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil (MIEIB) – constituído por 26 fóruns estaduais e um fórum do Distrito Federal – movimento social de luta pelo direito à...
Professores/as e funcionários/as de escolas públicas comparecem às urnas em todo o Espírito Santo, nesta segunda (19) e terça-feiras (20) para escolher os novos gestores do SINDIUPES-Sindicato dos Trabalhadores em...
A Audiência Pública aconteceu no dia de hoje (19 de novembro de 2018), no período da manhã, e teve como objetivo colher as contribuições das entidades educacionais para aprimoramento do texto enviado pelo...
O Abraço Negro, projeto original do Movimento Negro Unificado (MNU) e, abraçado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (SINTEGO), chega a sua 18ª edição em 2018, homenageando as...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, confere o seu mais irrestrito APOIO ao...
Confira os principais ataques da ampliação do pacotaço de Greca No final de outubro, Greca protocolou uma série de projetos que ampliam as maldades sociais do pacotaço aprovado sob forte repressão no ano...
Projeto que institui o Escola Sem Partido e proíbe "doutrinação ideológica" de alunos está em discussão na Câmara. Professores e procuradora federal lutam para que a questão não vire...
A Diretoria do Sintero solicitou uma reunião de urgência com a Secretaria de Estado da Educação para cobrar ações efetivas de combate à violência contra profissionais da educação nas...
A Internacional da Educação da América Latina (IEAL) realizou, nos dias 12 e 13 de novembro, em San José da Costa Rica, a reunião do Comitê Regional e do Conselho de Presidências e Secretarias Gerais das...
Na última quarta-feira (07/11), a Justiça mineira aprovou uma liminar de despejo de 450 famílias sem-terra do acampamento Quilombo Campo Grande, no município de Campo do Meio, no sul de Minas Gerais. Estas famílias...
De cabeça erguida, com a consciência de que a luta nunca deixou de ser feita, trabalhadores e trabalhadoras do município de Maceió decidiram, em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (13), pelo...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.