BA: Profissionais da educação: continuamos mobilizados e em luta

Publicado em Sexta, 17 Agosto 2018 16:19

banners giro pelos estados 2

Depois de 24 dias de greve, iniciada após a Prefeitura de Vitória da Conquista encerrar o diálogo e as negociações da Campanha Salarial 2018, deixando claro sua ausência completa de habilidade para negociar, os profissionais da educação, na última assembleia, optaram pela suspensão da greve.

Foram intensas mobilizações, todas de caráter pacífico. Nosso movimento não tem qualquer motivação político-partidário e jamais foi conivente com a proposta vergonhosa da administração municipal, uma vez que não houve qualquer tipo de negociação, nem durante nem após a suspensão da greve.

Vivenciamos a truculência do poder executivo que, durante todo esse período, utilizou-se de inúmeras estratégias para tentar coibir e desmobilizar o movimento grevista. A proibição de manifestações no interior de prédios públicos (Ofício da Mordaça), ameaças veladas aos servidores, constante ameaça de corte de ponto e inúmeras outras ações na tentativa de frustrar e impedir protestos contra o descaso com a educação e a falta de respeito com os servidores municipais.

A nossa luta sempre se pautou na busca pela ampliação e melhoria dos direitos e hoje está se transformando em uma luta para a manutenção dos direitos agora ameaçados de extinção. A selvagem tentativa de desmonte da carreira do profissional da educação é notória.

Por todo este contexto, vemos com assombro e indignação as declarações no site oficial da Prefeitura e de seus agentes na mídia. O SIMMP, bem como a categoria a qual representa, não aceitou a proposta vergonhosa do Poder Executivo. Essas declarações visam apenas descredibilizar o movimento e desmotivar a categoria. Continuamos em mobilização permanente e a suspensão das ações de greve não significa a sua finalização. Temos atividades agendadas e nosso foco atual é o acompanhamento das funções do Legislativo.

Continuamos mobilizados e em luta. Em tempo, questionamos inclusive essas constantes declarações a respeito do funcionamento “normal” das unidades escolares, quando sabemos do funcionamento em horário alternativo e precário, baixa frequência dos estudantes, continuidade dos problemas de transporte e merenda escolar. O descaso é tamanho que nem houve a preocupação em manter a maquiagem destas escolas em funcionamento. Muitas foram as denúncias a respeito desta precariedade, tudo nos levando a questionar quão séria é a preocupação da Secretária de Educação com o oferecido a nossas crianças e adolescentes.

Seguiremos em busca de valorização profissional e contra o desmonte da carreira do magistério.

Em cima do medo, coragem!

(SIMMP-VC, 17/08/2018)

 
 
  17/09/2018
Boletim CNTE 820
19ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública: um momento de reflexão para avançar no futuro!
INFORMATIVO CNTE 820  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 604: Em audiência pública, CNTE reitera posicionamento contrário à BNCC

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Desde de segunda-feira (17/09), ocorre em todo o Brasil a 19ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública. Conforme orientação da Confederação, o Sindicato dos...
Os recursos referentes à parcela de agosto do salário-educação estão disponíveis a partir desta sexta-feira (14), na conta corrente de estados, municípios e do Distrito Federal. Responsável pela...
Com a participação de mais de 450 profissionais da educação, aconteceu entre os dias 14 e 16 de setembro, o Encontro Extraordinário de Educação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de...
“A Emenda Constitucional 95 aponta para um futuro sombrio aonde a Educação será cada vez mais mercantilizada e dominada pela iniciativa privada”, afirmou o secretário de assuntos municipais da...
O Sindicato do Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) realiza, a partir desta sexta-feira (14.09), no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, três dias (14, 15 e 16) de Encontro Extraordinário de...
A Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS) realizou na quarta-feira (12/9), o Seminário Sobre a Conjuntura Educacional com o Presidente da CNTE (Confederação Nacional dos...
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), através de Regional de Palmas, vem por meio dessa nota expressar repúdio contra a direção do CMEI Sementinhas do Saber, por viabilizar...
Jordana Mercado Reunido desde ontem (11) em Curitiba-PR, o Coletivo de Aposentados e Assuntos Previdenciáriosda CNTE está tendo as atividades numa dinâmica de debate, socialização das melhores práticas entre os...
El Grupo de Trabajo CLACSO Indígenas y espacio urbano Manifiesta su adhesión al comunicado: La dirección y los miembros investigadores del programa de investigación “Economía política y formaciones...
Os participantes do Congresso dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba aprovaram neste sábado (01/09), a denominação desta edição do encontro de “Congresso Lula...
Hoje (04/09), os/a trabalhadores/as da Prefeitura de Goiânia, em especial a categoria da Educação, atenderam à convocação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (SINTEGO) e das...
Para o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgado pelo Ministério da Educação...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.