TO: Sintet afirma que resultado do Ideb é competência dos professores

Publicado em Terça, 04 Setembro 2018 17:16

banners giro pelos estados 2

Para o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), na segunda-feira, 3, é competência dos professores, que independente da valorização recebida cumpre com eficiência e responsabilidade a aplicação dos conhecimentos curriculares.

Em Palmas, os anos iniciais obtiveram nota 6,6. Já na avaliação dos municípios em âmbito estadual, a nota foi 5,4. Mais de 50% dos municípios tocantinenses avaliados alcançaram a meta do Ideb. A meta estabelecida para 2017 foi cumprida apenas nos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano). A etapa alcançou 5,8 (em uma escala que vai de 0 a 10), quando a meta estipulada era de 5,5.

Nos anos finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, o resultado foi de 5,8 em Palmas, já no Estado, os municípios obtiveram a pontuação de 4,5. A meta 2017 era de 4,7. O resultado do Ideb mostra o esforço e desempenho dos professores, que mesmo diante das mazelas sofridas por uma greve massacrante, em que a gestão da prefeitura de Palmas não cumpriu as reivindicações, a categoria tem desenvolvido seu papel com veemência.

Ensino Médio

No ensino médio, a rede estadual alcançou 3,7 um salto de 0,4 em relação ao ano de 2015, quando obteve pontuação 3,3. A meta nacional para 2017 era 4,7.

No ensino médio, a meta foi descumprida em todos os estados. Apesar de não ter alcançado o índice esperado, o Tocantins não sofreu redução no valor do Ideb entre 2015 e 2017, como aconteceu com os Estados do Amazonas, Roraima, Amapá, Bahia e Rio de Janeiro. O Estado com melhor Ideb foi o Espírito Santo, que obteve 4,4 pontos, mas também não atingindo a meta de 5,1.

O Sintet pontua que a rede estadual de Educação tem uma Folha com média de 50% de profissionais em regime de contrato, grupo que reúne profissionais de várias vertentes, grande parte apadrinhados políticos, que trabalham com jornadas exaustivas, sem garantias, que não são amparados pelo plano de carreira, fatores que a olho nu elencam um conjunto de desmotivação e que compromete a qualificação. Para sanar este problema, o Sintet cobra a realização de concurso público, visto que o último foi realizado em 2009.

Ainda na rede estadual, professores aguardam retroativo do pagamento das progressões, bem como retroativos da data-base de 2014. A remuneração do professor tem perdido o poder de compra ano após ano.

Mesmo diante do cenário cruel de desvalorização do professor, o Ideb cresceu no ensino médio e coloca o Tocantins com o melhor desempenho na Região Norte.

(Sintet, 04/09/2018)

 
 
  22/03/2019
Boletim CNTE 829
 
INFORMATIVO CNTE 829  
 
 
Heleno Araújo participa de palestra sobre a reforma da Previdência em Pernambuco
 
 

Programa 610 - CNTE participa de lançamento de frente contra a Reforma da Previdência

 
 

Toda solidariedade ao Sindserum e a sua presidenta

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Assembleia Geral do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Groso, nesta segunda-feira (25.03), nas Escola Estadual Professor Nilo Póvoas, em Cuiabá, deliberou por indicativo de greve para o dia 20 de Maio, com...
Nesta terça-feira (26), a Diretoria Executiva da CNTE encontra-se reunida para os preparativos do Conselho Nacional de Entidades (CNE), que acontecerá no próximo dia 29, e também para as atividades do Seminário Nacional...
Ocorreu, durante todo o dia, na última sexta-feira (22/3), atos de trabalhadores/as contra a Reforma da Previdência. Em Goiás, o SINTEGO participou das manifestações em mais de 20 municípios, defendendo o...
Na sexta-feira (22), as ruas de Maceió e Arapiraca foram tomadas pelos trabalhadores. O Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência foi um sucesso em Alagoas, com trabalhadores de todo o estado participando das...
Mais de 20 mil trabalhadores(as) tomam as ruas de Campo Grande contra a Reforma da Previdência Na sexta-feira, dia 22 de março, mais de 20 mil trabalhadores(as) tomaram as ruas de Campo Grande contra a Reforma da Previdência. O ato...
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), protocolou oficio junto ao Procurador Geral de Justiça do Estado do Tocantins (PGJ/MPE-TO), José Omar de Almeida Júnior e no Gabinete do...
A análise de Conjuntura da abertura do II Conselho de Representantes de 2019, do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), sábado (23/3), em Cuiabá, colocou em pauta a Reforma da...
Palmas -TO Em Palmas, as manifestações contra a Reforma da Previdência iniciaram por volta das 8h30 da manhã, de sexta-feira (22), em frente a Agência do INSS, conforme o previsto pela...
A ASPROLF – Sindicato dos Trabalhadores da Educação da Rede Municipal de Lauro de Freitas (Região metropolitana de Salvador) e a Frente Brasil Popular de Lauro de Freitas, levaram centenas de pessoas às ruas do Centro...
Os Sindicatos de Rondônia, nesta sexta-feira (22/03), durante o Dia de Luta em Defesa da Previdência, mobilizaram milhares de pessoas na sede administrativa do Sintero em Porto Velho. O objetivo do evento foi promover a união entre...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais da educação básica do setor público brasileiro, vem por meio desta se solidarizar com...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) filiado a Central Única dos Trabalhadores (CUT), esteve presente no Ato Contra a Reforma da Previdência, realizado em Cuiabá, na sexta-feira (22/3),...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.