MT: Sintep/MT afirma - Escola Militar é excludente

Publicado em Sexta, 15 Março 2019 09:22

2019 03 14 giro sintepMT

A implantação de Escolas Militares em Mato Grosso, com recursos da educação pública, voltou à pauta de debate em reunião na sala da Câmara de Educação Básica do Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso (CEE/MT), esta semana, com participação de gestores da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso, sob os olhares atentos dos conselheiros e a presença de militares da Segurança Pública.

Mais uma vez, entre as inúmeras reuniões realizadas pelo CEE, órgão fiscalizador das normas da Educação, sobre o tema Colégios Militares, os conselheiros estaduais reafirmaram a inconstitucionalidade desse modelo de escola. “A Constituição é clara ao afirmar que Educação Pública assegura acesso irrestrito a toda a demanda social. E sem custo para o estudante ou familiares”, reafirma a dirigente do Sintep/MT, Maria Luiza Zanirato, no Conselho.

O modelo da Escola Militar Tiradentes infringe os direitos coletivos quando limita o acesso, assegurando 50% das vagas a filhos e parentes de militares, e ainda seleciona quem são os demais estudantes que poderão se matricular na unidade. Sem contar que cobra pelo uniforme, valores que chegam próximos a um salário mínimo. “O dinheiro da educação pública é para a todos. Se existe interesse de ampliar o modelo, que a Secretaria de Segurança Pública faça a oferta com recursos próprios”, alerta Maria Luíza.

Conforme a dirigente, a escola Militar funciona num prédio público, tem profissionais mantidos pela Secretaria de Estado de Educação, ou seja com recursos de todos. Contudo, é a Segurança Pública que faz a gestão e Regimento das instituições.

Segundo a conselheira existe no imaginário comum, até mesmo de alguns profissionais, de que diante de tanta violência social, a educação militar asseguraria o controle da violência. “Isso é um engano, primeiro porque a violência não é da escola, como vimos recentemente com os assassinatos na escola estadual em Suzano (SP). E depois, seria o mesmo que afirmar que todos os estudantes de escola religiosa são cristãos praticantes”, disse.

Conforme Maria Luiza é um absurdo o governo não implementar políticas públicas de segurança fora da escola e considerar que enquadrando os estudantes garantirá qualidade de aprendizado. “Para reverter o quadro de violência e melhorar a qualidade da educação é preciso que as políticas de financiamento da Educação se efetivem na sua integralidade, com investimento do que a Lei determina, com foco na Educação Pública Gratuita e Democrática que as políticas pedagógicas sejam de Estado e não de governos”, conclui.

(Sintep/MT, 14/03/2019)

 
 
  15/03/2019
Boletim CNTE 828
Dia 22 de março barraremos o ataque do Governo Bolsonaro aos nossos direitos
INFORMATIVO CNTE 828  
 
 
Heleno Araújo participa de palestra sobre a reforma da Previdência em Pernambuco
 
 

Programa 610 - CNTE participa de lançamento de frente contra a Reforma da Previdência

 
 

Toda solidariedade ao Sindserum e a sua presidenta

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
O SINTEPP participou nesta sexta-feira, 22, da PARALISAÇÃO NACIONAL convocada pelas centrais sindicais. A data, aprovada na assembleia geral de 12.03, representou o Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência, contra a MP 873...
Diante do desmonte da Previdência proposto pelo Governo Bolsonaro, através da PEC 06/2019, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de Correntina – SINDTEC, em parceria com o Sindicato dos...
Tocantins também terá manifestações a Favor da Aposentadoria e da Previdência Social nesta sexta (22). Em Palmas, Centrais Sindicais organizam ato às 8h, em frente ao INSS. Confira agenda com locais e...
O líder indígena costarriquenho Sergio Rojas Ortiz, coordenador Frente Nacional de Povos Indígenas (Frenapi) da Costa Rica foi assassinado alvejado a tiros em sua casa na comunidade indígena de Salitre, um dos...
Os sindicatos de Rondônia promoverão no dia 22 de março, sexta-feira, o Dia de Luta em Defesa da Previdência, conforme convocação nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores em...
Reunidos nesta quarta-feira (20/3), deputados e senadores de oposição lançaram a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, na Câmara dos Deputados. Representantes de centrais sindicais,...
O Sintero reuniu milhares de pessoas durante ato público contra o feminicídio e em defesa dos direitos das mulheres, nesta terça-feira (19/03). Na ocasião, houve uma caminhada pelas ruas do centro de Porto Velho e foi...
O SINTE-PI realizou nesta segunda-feira (18) uma manifestação no Pátio da Secretária de Educação e Cultura do Estado (SEDUC-PI). Os servidores da educação reivindicam a valorização...
No aniversário de 40 anos do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF), completados na última quinta-feira (14), a entidade não poderia ter ganho presente melhor: o reconhecimento da luta sindical. A sessão...
Nesta terça-feira (19/3), o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, participou de audiência sobre Proposta de Emenda à Constituição...
A Direção do Sintero, representada pela presidente Lionilda Simão e pelo secretário de Finanças, Manoel Rodrigues da Silva, participou de audiências em Brasília, na terça-feira (12/03), com o...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca todos os trabalhadores em educação para integrarem as mobilizações contra a reforma da previdência, marcada para o dia 22...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.