Oficina sobre financiamento da educação abre reuniões dos coletivos da CNTE

Publicado em Segunda, 11 Setembro 2017 13:19

254632b7 246d 4105 a7e3 2aeaf15b5421

Piso, Jornada e Carreira: condições fundamentais para a garantia da qualidade da educação. Este foi o tema da oficina que abriu o Coletivo de Assuntos Municipais neste dia 11, no Hotel Nacional, em Brasília/DF, promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação/CNTE. A iniciativa dá início às reuniões de nove coletivos da instituição, que seguem até amanhã na capital do país.

A secretária geral da CNTE, Fátima da Silva, acolheu os representantes de 20 municípios, reunidos para a oficina de aprofundamento voltado ao financiamento nacional da educação, mediada por Henrique Lopes, presidente do Sintep/MT, e coordenada pelos diretores Cleiton Gomes (Assuntos Municipais), Gilmar Soares (Assuntos Educacionais) e Marta Vanelli (Formação). “É fundamental fazermos a leitura dos números e sermos ativos na mesa de negociação com prefeitos, vereadores e secretários de educação. Esse debate, que terá continuidade, faz parte dos eixos que integram o planejamento da nova gestão da CNTE”, destaca Fátima.

A apresentação de Henrique Lopes situou os participantes acerca das diretrizes do piso salarial e plano de carreira defendidas pela Confederação e os desafios que os trabalhadores enfrentam, dentre elas a desvalorização dos profissionais, a terceirização da mão de obra, a reforma trabalhista e o plano de demissão voluntária. O objetivo da formação é instrumentalizar as Lideranças Sindicais Municipais, com ferramentas e metodologias capazes de fornecerem elementos para intervir de forma segura junto ao poder público local, na implantação no piso salarial aos profissionais da educação, tendo como referência a legislação educacional atual e as defesas históricas da CNTE sobre Plano de Carreira (Piso Formação e Jornada).

Nesse sentido, Lopes, que tem atuação de referência na metodologia de acompanhamento do orçamento da educação no estado do Mato Grosso, enfatiza que “Precisamos sair da cegueira situacional de considerar que o financiamento é só o Fundeb, que deixa de fora outros 30% das receitas. Precisamos, ainda, conhecer, em detalhe, os critérios de uso dos recursos e não incluirmos despesas que não correspondem à educação nas escolas”.

Na visão dele, os cuidados passam pela checagem se os 25% da arrecadação destinados à manutenção e desenvolvimento de ensino estão sendo investidos e pela atenção à disponibilidade de receitas, à folha de pagamento e à avaliação para o desempenho profissional. “A previsão de arrecadação é de R$ 141 bilhões, dos quais 129 vêm dos impostos e 12 do complemento do governo”, explica.

A oficina continuará no período da tarde, a partir de atividade prática, com planilha, e debate.

 
 
  02/02/2018
Boletim CNTE 811
Preparação e a realização das Conferências Populares de Educação
INFORMATIVO CNTE 811  
 
 
INSTITUCIONAL CNTE | Resistência e Convocação para a Conape 2018 (01/12/2017)
 
 

Programa 597: CNTE faz balanço das lutas de 2017

 
 

Nota Pública: Paulo Freire continua sendo o patrono da educação brasileira

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Manifestantes realizam protestos nesta segunda-feira (19) contra a reforma da Previdência. A mobilização foi convocada por centrais sindicais. Em vários estados houve paralisação no transporte no início...
No início da manhã desta segunda-feira (19), dia nacional de luta contra a Reforma da Previdência, o Sinteal participou de uma panfletagem no terminal de ônibus do Benedito Bentes, dialogando com a população e...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) participou nesta segunda-feira (19.01) da mobilização contra a “reforma” da Previdência, em Cuiabá. O ato foi realizado na sede do...
Com trio elétrico ao som do samba enredo da escola de Samba Tuiti (RJ), "Meu Deus, Meu Deus, Está Extinta a Escravidão?” os trabalhadores da educação do município de Lauro de Freitas (Região...
Os trabalhadores da rede estadual de educação rejeitaram a proposta apresentada pelo governo e aprovaram por unanimidade a greve geral por tempo indeterminado a partir do dia 23 de fevereiro. “A proposta não contempla os...
A CUT, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), demais centrais sindicais e movimentos sociais estão nas ruas nesta segunda-feira (19) lutando contra a reforma da Previdência de Temer que...
O valor que havia sido descontado pelo governo em função da paralisação de luta em março de 2017 finalmente será devolvido aos trabalhadores e trabalhadoras junto com o salário de fevereiro. Após...
Intervenção federal no Rio de Janeiro é cortina de fumaça para derrota iminente da Reforma da Previdência e se presta para, além de avançar com o golpe no Brasil, escamotear a rejeição...
O Sindicato APEOC, juntamente com a CUT e demais centrais sindicais, convoca os profissionais da Educação do Ceará para lutar contra a Reforma da Previdência proposta pelo golpista Michel Temer. Os trabalhadores de todo o...
Aumenta a adesão à greve nacional contra a reforma da Previdência que o ilegítimo e golpista Michel Temer (MDB-SP) quer aprovar a qualquer custo ainda este mês. Se for aprovada, a reforma acaba com a aposentadoria de...
O ano letivo iniciou hoje (15/2), mas a merenda não chegou nas escolas. Professores de Fonte Boa, Urucurituba, Nova Olinda, Manaquiri, Humaitá, Lábrea e Eirunepé informaram que não tem merenda nas escolas onde...
Iniciando o ano de lutas contra a retirada de direitos da classe trabalhadora, Centrais, Entidades Sindicais e Movimentos Sociais estão convocando trabalhadores e trabalhadoras para cruzarem os braços contra a Reforma da Previdência...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.