Educadores debatem estratégias contra novo modelo de colonização da América Latina

Publicado em Sexta, 29 Setembro 2017 15:55

WhatsApp Image 2017 09 29 at 13.40.41

Os participantes do Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano Paulo Freire, iniciado na manhã desta sexta-feira (29/9), no auditório do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia (Sintero) alertaram, durante a mesa de abertura, que o movimento sindical necessita estar mobilizado para fazer o enfrentamento ao novo modelo de colonização da América Latina, que está sendo imposto pelos governos neoliberais e conservadores, especialmente às medidas que buscam a mercantilização da educação pública.

O anfitrião do evento, Manoel Rodrigues da Silva, presidente do Sintero, lembrou que a saída da presidente Dilma Rousseff provocou forte ruptura para o povo brasileiro, acarretando grandes perdas sociais nas áreas de educação, saúde e segurança, conquistadas na última década. “Não podemos aceitar tais medidas sem fazer o confronto ao governo golpista e ilegítimo de Michel Temer. Por isso, é importante esse Encontro para tirarmos novas estratégias de luta”, destacou.

Já o presidente da CUT/RO, Nereu José Klosinski, ressaltou que a CUT em seu Congresso Nacional, realizado no mês passado, em São Paulo, aprovou uma campanha de coleta de assinaturas para reverter a Reforma Trabalhista, que representa um retrocesso à classe trabalhadora. Ele pediu o empenho de todos e todas neste processo para atingir a meta de 1,3 milhão de assinaturas. “Temos que anular essa Reforma Trabalhista e evitar a aprovação da Reforma da Previdência. Só vamos conseguir isso por meio de nossa mobilização”, concluiu.

WhatsApp Image 2017 09 29 at 11.36.53Com a palavra de ordem “Fora Temer, corrupto e ilegítimo. A Amazônia é nossa”, o presidente da CNTE, Heleno Araújo Filho, iniciou sua saudação alertando a plenária sobre a necessidade de haver unidade na luta por mais democracia e pelas garantias dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Ele lembrou que os convidados internacionais vieram a Porto Velho para somar na construção de um processo muito forte de mobilização da classe trabalhadora. “Temos que conseguir as assinaturas suficientes para derrubar a Reforma Trabalhista. É uma forma de provarmos nossa capacidade de luta contra esse governo ilegítimo”, declarou.

Roberto Franklin de Leão, secretário de Relações Internacionais da CNTE e vice-presidente da Internacional da Educação, destacou a importância do Encontro para o fortalecimento da democracia na América Latina. “Temos a obrigação de dizer não ao novo processo de colonização que querem implantar em nossa região. Não queremos ser mais colônia, muito menos o quintal de ninguém. Não podemos aceitar governos entreguistas e que buscam transformar a América Latina em balcão de negócios”, enfatizou.

O coordenador geral do Escritório Regional da IEAL (Internacional da Educação para América Latina), Combertty Rodriguez, também alertou aos participantes sobre a necessidade de fortalecer as organizações sindicais que estão sendo perseguidas pelos governos conservadores e, em sua maioria, de direita. “Neste sentido, o Movimento Pedagógico tem papel fundamental para esse fortalecimento em todos os países da América Latina, principalmente no Brasil após a queda da presidente Dilma Rousseff”, comentou.

O representante do Ministério da Educação da Bolívia, Armando Terrazaz Calderón, que é o coordenador nacional do Programa de Formação Complementar para Atores do Sistema Educativo Plurinacional (Profocom) e vai apresentar o modelo implantado em seu país, responsável pela erradicação do analfabetismo, fez uma rápida saudação e declarou que a educação pública boliviana passou a ter prioridade no governo do presidente Evo Morales, pelo simples fato de o governo considerar que “tudo é para o povo e nada sem ele”.

WhatsApp Image 2017 09 29 at 13.40.422Encerrando as falas da abertura, a secretária geral da CNTE, Fátima Silva, também vice-presidente da IEAL, parabenizou a direção do Sintero e todos os participantes pela realização do Encontro em Rondônia. “Sabemos da força de vocês para compartilhar as informações a serem debatidas aqui em seus municípios. Isso é essencial para fazermos o enfrentamento à mercantilização da educação na América Latina e evitarmos os avanços das medidas dos governos neoliberais”, declarou.

“Queremos socializar as diversas situações de perdas de direitos dos trabalhadores e trabalhadoras na América Latina e reforçar nossa plataforma de lutas para o Brasil e toda a região. Temos que reafirmar que necessitamos de uma educação libertária, que forme homens e mulheres para serem felizes e donos do seu próprio destino. Aqui temos pessoas que são donos de suas utopias”, concluiu.

Veja mais fotos do evento na página oficial da CNTE no Facebook.

 
 
  19/06/2018
Boletim CNTE 815
Instituto divulga relatório sobre o PNE e os resultados tendem a piorar
INFORMATIVO CNTE 815  
 
 
Heleno Araújo conclama categoria para apoiar greve dos eletricitários
 
 

Programa 602: Heleno Araújo participa de audiência pública no senado sobre violência nas escolas

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
A APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo), através de seu secretário-geral, professor Leandro de Oliveira, está no Japão, participando de um intercâmbio de sindicalistas da...
Por *Denor Ramos A ausência de placa no portão de entrada e duas faixas fixadas pelo grêmio estudantil nas grades sobre o muro trazendo as frases “Governador, reforma urgente! 10 anos de espera” e “O governo...
Por Helenir Aguiar Schürer (*) Nesta semana, São Lourenço do Sul se tornou a primeira cidade gaúcha a aprovar a Lei da Mordaça, com a roupagem de “Escola Sem Partido”. Caso o Executivo sancione a censura em...
Uma das principais bandeiras do governo Michel Temer, o novo teto para gastos públicos – instituído pela Emenda Constitucional 95, de dezembro de 2016 – é alvo de um “pacote” de sete ações de...
Em assembleia realizada pelo Sinteal nesta quarta-feira (18), trabalhadoras/es da educação da rede municipal de Maribondo decidiram recusar a proposta de reajuste apresentada pela prefeitura, a categoria reivindica que a proposta respeite...
O sétimo dia de greve dos trabalhadores em educação da rede municipal (17/07) começou vitorioso com uma assembleia bastante concorrida e participativa, onde a categoria avaliou a greve, dando destaque ao descaso do Executivo...
Em uma data histórica para a luta sindical em Alagoas, os/as servidores/as públicos/as municipais de Maceió, organizados por suas entidades (Sinteal, SindPrev, SindsPref, Saseal, entre outras; apoiadas pela CUT/AL), realizaram, na...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação - CNTE, entidade representativa de mais de 4 milhões de trabalhadores das escolas públicas brasileiras, vem a público REPUDIAR a...
Representado por diretores/as da executiva estadual, o Sinteal participou, na manhã desta segunda-feira (16), de ato público em favor da garantia da destinação dos 60% (sessenta por cento) dos recursos dos precatórios...
A formatura de 74 novos professores do estado de Guerrero, no México, em 13 de julho, não estava completa. Faltavam os 43 estudantes da Escola Normal Rural Raul Isidro Burgos, desaparecidos em 26 de setembro de 2014. O nome de cada um foi...
Na última sexta, dia 13, comemoramos, em Assembleia festiva, uma série de avanços conquistados nas negociações da pauta reivindicatória 2018 (7% de aumento, a equiparação do auxiliar de classe com...
Nesta segunda-feira (16) completa o sexto dia da greve da Educação Municipal de Salvador que teve início na quarta-feira (11). A mobilização e disposição de luta continua firme e crescendo, apesar das...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.