Conjuntura nova exige respostas novas: CNE faz análise de conjuntura

Publicado em Quarta, 14 Março 2018 10:31

2018 03 14 destaque fsmFoto: Jordana Mercado

O Conselho Nacional de Entidades (CNE) em Salvador-BA oportunizou fazer uma excelente análise de conjuntura, com a presença do ex-ministro do governo Lula, o professor Luiz Dulci. Além de toda a experiência vivenciada durante os mandatos no governo, ele traz na sua trajetória a participação histórica na criação do SINDUTE-MG, sindicato combativo afiliado a CNTE que, neste momento, está fazendo uma greve muito importante, pelo pagamento imediato do Piso Salarial (conforme acordo assinado entre o sindicato e o Governo do Estado), pelo fim da prática nefasta de parcelamento de salários e do 13º, pelo cumprimento dos acordos assinados e pelo atendimento de qualidade do IPSEMG.

O diálogo que Dulci estabeleceu para fazer sua análise foi bastante elucidativo e passou por economia, políticas públicas e pela disputa de idéias e valores na sociedade brasileira. Sobre o incômodo que as notícias de que há uma suposta melhora na economia, conquistada pelo governo golpista, ele é bem pontual: “Muitas vezes nos atemos a brigar com números, mas acredito que o debate mais importante nesse momento deve tratar dos reais impactos da economia nas condições de vida da população”.

Outro aspecto que ele destacou do atual momento, tem a ver com as tentativas da grande mídia de pautar pilares estruturantes da sociedade: segurança pública, educação e saúde. Apesar do fortíssimo apoio da classe dominante, do capital e do agronegócio, os meios de comunicação não conseguem ocultar e manipular positivamente esses temas, já que o governo Temer se mostra completamente inócuo e incompetente em cada um deles e há um acentuado clima de insatisfação popular que continua crescendo. “Apesar desse governo não dar a mínima para a opinião pública, temos que reconhecer que a pressão feita na base, inclusive muito fortemente pelos trabalhadores em educação, acabou contando muito para barrar a reforma da previdência.”, observou.

Muito desgastado no cenário internacional , os próprios governos capitalistas mais centrais não bancam abertamente o governo instalado no Brasil e, parafraseando o também ex-ministro Celso Amorim, Luiz Dulci, colocou que uma das razões do golpe foi a necessidade de cessar a política externa” independente, ativa e altiva” protagonizada pelos governos do PT e outros governos progressistas da América Latina, que também sofreram e sofrem ataques golpistas.

Finalmente, ele motivou os membros do CNE que, a despeito do quadro por vezes desolador, vejam os elementos positivos que a nova conjuntura apresenta: “Conjuntura nova, exige respostas novas. O elemento mais importante que temos agora é uma maioria crescente da população contrária ao governo do golpe, entendendo o golpe judicial em curso. Nossa missão é encontrar maneiras de que essas pessoas, que nem sempre são de esquerda, também tenham suas percepções ouvidas. O golpe não era inevitável mas não é infalível”, concluiu.

2018 03 14 destaque fsm marcha 3Foto: Jordana MercadoDurante a tarde, abrindo oficialmente as atividades do Fórum Social Mundial, a delegação da CNTE se somou à grande marcha que reuniu milhares de participantes e tomou as ruas de Salvador-BA. Saindo do bairro Campo Grande em direção a Praça Castro Alves, o que se viu durante todo o percurso foram cenas de resistência e muita representatividade.

No dia de hoje, que encerra o CNE, os conselheiros e as conselheiras vão deliberar sobre o programa e orçamento da CNTE e sobre a atuação da mesma no âmbito das ações sindicais para os próximos meses.

Em breve será publicada entrevista exclusiva que Luiz Dulci concedeu à CNTE.

 
 
  10/12/2018
Boletim CNTE 824
É urgente que as entidades educacionais se manifestem contra a aprovação sorrateira da nova BNCC do Ensino Médio
INFORMATIVO CNTE 824  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 606 - Vitória: projeto "Escola Sem Partido" é arquivado

 
 

Parlamentares, educadores/as, estudantes e sociedade derrotam o projeto da Lei da Mordaça na Câmara dos Deputados: uma vitória da resistência!

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Vivemos uma conjuntura de retrocessos em escala mundial. No Brasil, este processo foi acelerado com a eleição fraudulenta de Jair Bolsonaro, pois durante o processo eleitoral houve abuso do poder econômico, que não foi nem...
O Sinteal abriu suas portas, na tarde desta quinta-feira (13/12), para receber centenas de crianças (e familiares) do bairro do Mutange (e entorno), que participaram do já tradicional “Auto de Natal”, que teve...
A prefeita de Guaraí, Lires Ferneda (PSDB) se nega a responder onde foi parar o saldo dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), referente ao ano de 2017. Segundo...
Eleita, nesta quarta-feira (12.12), a nova gestão do Conselho Estadual Alimentação Escolar para mandato 2018 a 2022. Ao todo 28 membros, entre titulares e suplentes, representando quatro segmentos da sociedade (Poder Executivo,...
O Sind-UTE/MG – Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, vem a público, repudiar a decisão do Governo do Estado, em dar tratamento diferenciado para o pagamento de salários a...
Em contato que manteve nesta quarta-feira, 12/12, com o Chefe de Gabinete da Secretaria Estadual da Educação, a Presidenta da APEOESP, Maria Izabel Azevedo Noronha - Professora Bebel*, obteve a realização de uma...
Professora BebelPresidenta da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de SP)Deputada Estadual eleita O arquivamento da tramitação do projeto da “escola sem partido” na comissão especial da Câmara dos...
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado A Comissão de Educação do Senado Federal iniciou hoje a discussão do PLC 88/2018 (oriundo do PL 1.287/11, da Câmara dos Deputados), que estabelece diretrizes para a...
“Eu sou aquela mulher  a quem o tempo muito ensinou. Ensinou a amar a vida E não desistir da luta, recomeçar na derrota, renunciar a palavras e pensamentos negativos. Acreditar nos valores humanos e ser otimista.” Cora...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais da educação básica pública brasileira, vem a público exigir...
A defesa dos direitos dos trabalhadores deverá enfrentar muitas dificuldades no cenário político que se aproxima, em 2019. A análise é da Secretária de Finanças da CNTE - Confederação...
Nesta segunda-feira (10/12), a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) promoveu um debate em comemoração aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, instituída...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.