Lula é um preso político! A ditadura escancarada de Temer só sucumbirá com o povo nas ruas!

Publicado em Terça, 10 Abril 2018 11:40

banners nota publica 2

Desde o último dia 04 de abril, quando a mais alta corte judicial brasileira (STF) negou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a concessão de um Habeas Corpus para garantir-lhe o direito inscrito na Constituição brasileira de qualquer cidadão só ser considerado culpado e, portanto, preso, após todo o processo judicial ter seu trânsito julgado pela última instância judiciária, o Brasil viveu dias épicos de resistência política.

Tudo começou com a expedição do mandado de prisão do presidente Lula feito pelo juiz que investiga o caso. O país foi surpreendido e, em várias cidades brasileiras, manifestações espontâneas começaram a acontecer. A maior delas deu-se em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo, na sede do histórico Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, local onde mais de 30 anos atrás deu-se início a trajetória política de Lula. Mais de 50 mil pessoas dirigiram-se à sede do emblemático sindicato, lugar para onde foi o ex-presidente Lula depois de saber da decisão de sua ordem de prisão. A partir daí, deu-se o início de um processo heroico de resistência do povo à prisão de Lula.

Em processo de vigília permanente, a multidão que cercou o sindicato no dia 05 de abril de lá saiu somente pouco mais de 48 horas depois, no sábado à noite, dia 07 de abril. Nesse intervalo, em um movimento único de resistência política e desobediência civil, a multidão defensora de Lula protagonizou um dos momentos mais bonitos da história política brasileira, junto ao seu maior líder popular. Após a realização de uma celebração religiosa em homenagem à sua falecida esposa, Marisa Letícia, que completaria nesse dia 07 de abril 68 anos de vida, celebrada pelo Bispo Dom Angélico Bernardino, vinculado à Teologia da Libertação, e acompanhada pela multidão, Lula saiu do sindicato e pôs-se nos braços do povo que, em uma só voz, entoavam cânticos e palavras de ordem em seu favor. O registro fotográfico desse momento certamente entrará para a história como uma das cenas mais épicas protagonizadas pelo povo brasileiro em defesa de seu maior presidente!

Desde a noite do último dia 07, Lula encontra-se encarcerado em prisão política. Imediatamente, formou-se uma Vigília Democrática, agora na cidade de Curitiba, capital do Estado do Paraná, para onde Lula foi transferido. Já na primeira noite, a polícia daquele Estado agiu de forma truculenta contra os que ali estavam em protesto pacífico, recorrendo à violência das balas de borracha e bombas contra os manifestantes. Ao menos 10 feridos foram para os hospitais da região. Pensaram que, com esse tipo de ação de truculência, iriam arrefecer o ânimo da resistência. Ledo engano! O povo continua em estado de vigília permanente em frente ao local onde Lula está encarcerado, e a expectativa é que ali se transforme em um centro de peregrinação nacional e mundial em solidariedade ao presidente Lula.

Diante desse quadro, os/as educadores/as brasileiros/as repudiam a prisão política de nosso presidente Lula, compondo a grande frente nacional que já ocupa as ruas brasileiras em defesa da democracia e pela imediata libertação de nosso presidente. Tememos pela segurança de nosso presidente já que, em um estado de exceção como o que se transformou o Brasil nos dias de hoje, é importante assegurar que a sua vida seja preservada. Pelo fim imediato da prisão política de Luiz Inácio Lula da Silva! A repercussão mundial a essa arbitrariedade já existe, e iremos nos somar a essas vozes e contribuir com todas as nossas forças para que o mundo tenha conhecimento do que está a ocorrer em nosso país! Somos todos e todas Lula!


Brasília, 09 de abril de 2018

Diretoria Executiva da CNTE

 
 
  17/09/2018
Boletim CNTE 820
19ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública: um momento de reflexão para avançar no futuro!
INFORMATIVO CNTE 820  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 604: Em audiência pública, CNTE reitera posicionamento contrário à BNCC

 
 

Nota Pública: Lei da Mordaça (“Escola Sem Partido”) é inconstitucional, antidemocrática e antipedagógica

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entidade representativa de mais de 4 milhões de trabalhadores/as das escolas públicas brasileiras, vem a público repudiar a proposição...
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados Nessa quarta-feira (19/09), o secretário de Assuntos Jurídicos e Legislativos da CNTE, Gabriel Magno, participou de uma Comissão Geral para debater o uso de recursos de...
Desde de segunda-feira (17/09), ocorre em todo o Brasil a 19ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública. Conforme orientação da Confederação, o Sindicato dos...
Os recursos referentes à parcela de agosto do salário-educação estão disponíveis a partir desta sexta-feira (14), na conta corrente de estados, municípios e do Distrito Federal. Responsável pela...
Com a participação de mais de 450 profissionais da educação, aconteceu entre os dias 14 e 16 de setembro, o Encontro Extraordinário de Educação do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de...
A CNTE esteve presente na audiência pública que debateu a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio na manhã desta sexta-feira (14), em Brasília. A secretária de finanças da CNTE, Rosilene...
“A Emenda Constitucional 95 aponta para um futuro sombrio aonde a Educação será cada vez mais mercantilizada e dominada pela iniciativa privada”, afirmou o secretário de assuntos municipais da...
O Sindicato do Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) realiza, a partir desta sexta-feira (14.09), no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, três dias (14, 15 e 16) de Encontro Extraordinário de...
A Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS) realizou na quarta-feira (12/9), o Seminário Sobre a Conjuntura Educacional com o Presidente da CNTE (Confederação Nacional dos...
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), através de Regional de Palmas, vem por meio dessa nota expressar repúdio contra a direção do CMEI Sementinhas do Saber, por viabilizar...
Jordana Mercado Reunido desde ontem (11) em Curitiba-PR, o Coletivo de Aposentados e Assuntos Previdenciáriosda CNTE está tendo as atividades numa dinâmica de debate, socialização das melhores práticas entre os...
El Grupo de Trabajo CLACSO Indígenas y espacio urbano Manifiesta su adhesión al comunicado: La dirección y los miembros investigadores del programa de investigación “Economía política y formaciones...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.