Seminário Processos de Privatização e Mercantilização dos Ensinos Básico e Superior acontece nesta terça-feira (7)

Publicado em Segunda, 06 Maio 2019 19:20

cnte educar nao lucrar 2019 post
Em continuidade à Campanha Mundial contra a Privatização e o Comércio da Educação da Internacional da Educação – IE, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, a Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico – Proifes Federação e a Friedrich-Ebert-Stiftung Brasil – FES Brasil, promovem o Seminário Processos de Privatização e Mercantilização dos Ensinos Básico e Superior no Brasil, nos dias 07 e 08 de maio de 2019, em São Paulo (SP).

Durante dois dias, representantes das entidades de base filiadas tanto a CNTE quanto ao PROIFES estarão reunidos para compartilhar e socializar as informações referentes aos processos de mercantilização e privatização da educação, além de sistematizar as informações referentes à militarização das escolas nos Estados e municípios. Trata-se de um debate de ponta e muito caro aos trabalhadores e trabalhadoras em educação no Brasil porque, sabe-se, o grande interesse que o serviço de educação desperta em grupos privados nacionais e internacionais. E isso no mundo inteiro! O objetivo é claro: diminuir o espaço da oferta do ensino público para que grupos privados possam comercializar serviços de educação onde for possível aferir lucro.

No Brasil, esse processo de mercantilização da educação tem, agora, com o governo Bolsonaro, o caminho pavimentado para que grupos econômicos entrem ainda mais nesse mercado. Por um lado, o governo asfixia o financiamento e estrangula a sustentação orçamentária da educação no país, como de fato o fez agora com o anúncio de cortes da ordem de 30% nas universidades federais. E isso é o que está sendo feito nesse momento já que, a médio e a longo prazo, a Emenda Constitucional nº 95 de 2016, medida ainda dos tempos do governo golpista de Michel Temer que Bolsonaro não revogou, jogará a pá de cal nesse processo de asfixia financeira, que se dará também na educação básica. Por outro lado, a aprovação da Reforma do Ensino Médio e de sua Base Nacional Comum Curricular (BNCC) abre enorme espaço para a entrada do comércio nessa etapa de ensino, desde a oferta de livros e materiais didáticos até a promoção de plataformas digitais para o ensino a distância, esse último expressamente incentivado na BNCC aprovada.

Esses processos de mercantilização da educação aparecem normalmente de forma despercebida para a grande maioria das pessoas, inclusive para muitos de nós, educadores/as. É um processo lento e gradual que, por vezes, ganha ares de modernização dos sistemas de ensino. Mas no fundo é o incremento da possibilidade de lucro nos espaços da educação pública. É o que a IE denomina de processos de comercialização. No âmbito da educação básica, ainda faremos um diagnóstico junto às entidades filiadas sobre o processo de militarização, que ganhou força com o advento do governo Bolsonaro. Exemplo disso foi a criação, na estrutura organizacional do Ministério da Educação (MEC), de uma secretaria para fomentar a militarização das escolas brasileiras.

 
 
  13/05/2019
Boletim CNTE 835
Rumo à greve geral da classe trabalhadora em 14 de junho!
INFORMATIVO CNTE 835  
 
 
Presidente da CNTE Heleno Araújo fala sobre a Greve Nacional da Educação
 
 

Programa 611 - Lançamento da 20ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública

 
 

Nota de apoio à greve dos servidores administrativos do Mato Grosso do Sul

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Milhares de profissionais da Educação da rede estadual, que aprovaram a deflagração de greve, votada em Assembleia da categoria, nesta segunda-feira (20/5), ocuparam as ruas do centro de Cuiabá, numa caminhada...
O Sindeducação participou, no último dia 14, de uma reunião com professores e pais de alunos da UEB Camélia Viveiros, localizada no Bairro Coroado, em São Luís (MA). A unidade escolar está...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) convoca os profissionais da educação da rede estadual para a Assembleia Geral da categoria nesta segunda-feira (20.05), a partir das 14horas, na Escola...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca todas as entidades filiadas a participarem da "Semana de Calcular Sua Aposentadoria", de 20 a 24 de maio, em todo país. Neste período a CNTE...
Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) | A Agência Sindical segue debatendo a reforma da Previdência. Desta vez, entrevistamos Antônio Augusto de Queiroz, jornalista, assessor político e diretor...
Cerca de 5 mil manifestantes participaram da Greve Nacional da Educação em Divinópolis (MG), que envolveu muitos segmentos sociais, sindicalistas, todas as redes de ensino, e muitos estudantes e principalmente a Comunidade escolar.A...
O Movimento Unificado dos Servidores Públicos de Maceió realizou assembleia geral com as categorias, na manhã desta sexta-feira (17), na Praça Dois Leões, em Jaraguá, oportunidade para as lideranças...
Dia 15 de maio foi um dia histórico, o Sinproesemma junto com trabalhadores em educação, centrais sindicais, estudantes e movimentos sociais saíram às ruas para protestar contra as medidas do governo Jair Bolsonaro e...
Além de indicar retomada do movimento de massas no Brasil, a mobilização inspira a necessária resistência aos tempos sombriosA Greve Nacional da Educação do último dia 15 de maio mobilizou...
"Ninguém solta a mão de ninguém" é o tema da campanha da CNTE pelo Dia Nacional e Internacional de Luta Contra a LGBTfobia. A data comemorativa foi instituída quando a Organização das...
Aproximadamente cinco mil pessoas participaram das manifestações em frente a Assembleia Legislativa, em Palmas O Dia 15 de maio foi marcado por “aulas nas ruas”, milhares de trabalhadores e trabalhadoras em...
Entidades sindicais que defendem os trabalhadores da Educação, centrais sindicais, movimentos estudantis, movimentos sociais e trabalhadores foram às ruas nesta quarta-feira (15), defender o financiamento permanente...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.