Moção de repúdio à demissão sumária do professor Willian Meister de Educação de Itapema/SC

Publicado em Terça, 14 Maio 2019 14:29

banners mocao de repudio 2

A última semana do mês de abril, véspera das comemorações relativas a 55 anos de golpe militar no Brasil em alusão à ditadura sanguinária a que o país foi submetido de 1964 a 1985, marcou mais um triste episódio para a educação brasileira, tão atacada e vilipendiada nos dias que se seguem. Um professor do município de Itapema, litoral norte de Santa Catarina, foi sumariamente demitido pela secretaria municipal de educação da cidade, ato que representou o ápice de um movimento intenso de perseguição política e ideológica ao professor de educação física Willian Meister.

O professor da Escola Municipal de Educação Básica Oswaldo dos Reis decidiu fazer uma atividade inscrita e pactuada pela coordenação pedagógica da unidade, que se referia a um projeto interdisciplinar de leitura coletiva, envolvendo todas as disciplinas ofertadas pela escola. Em função do momento em que o país se encontrava, às vésperas dos 55 anos do golpe militar de 1964, o professor decidiu passar aos estudantes do 7º ao 9º ano uma poesia que fazia referência ao tenebroso período a que o Brasil foi subjugado por longos 21 anos, quando ocorreram torturas, perseguições, violações de direitos básicos e muitas mortes. Isso foi o suficiente para que o pai de um dos estudantes da turma, radialista e ex-militar do Exército brasileiro Marcelo Fidêncio, denunciasse o professor junto ao gabinete da prefeita Niza Simas. No dia anterior às comemorações relativas ao Dia do/a Trabalhador/a, o professor Meister recebeu a notícia de que o seu vínculo de emprego, que se dava por meio de um contrato temporário do município, não seria renovado. Ou seja, em decorrência de uma ação pedagógica pactuada no âmbito da própria escola com outros profissionais de educação, no exercício pleno de seu direito de liberdade de ensinar, assegurado pelo texto de nossa Constituição brasileira de 1988, o professor foi sumariamente demitido sem sequer ser ouvido pelos gestores municipais em qualquer procedimento disciplinar. A direção da escola, em vez de se posicionar na defesa do projeto pedagógico de sua unidade, se portou como mera correia de transmissão dos interesses políticos da gestão municipal.

É claro que atos dessa natureza ficam, infelizmente, cada vez mais comuns e corriqueiros nos tempos em que vivemos, forjando um caldo de perseguição política e ideológica dentro das escolas brasileiras. O próprio professor Meister, que não se acovardou e denunciou o caso ao Ministério Público, já disse que esse foi o ponto cume de toda uma história de perseguição perpetrada contra ele tanto pela secretaria de educação do município quanto pela própria direção escolar. Com farta documentação que caracteriza e indica atos incessantes de assédio moral, a perseguição fica mais evidente quando se tem em conta que o professor já foi candidato a prefeito do município pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) em 2012 e 2016, enquanto tanto a prefeita quanto a secretária de educação do município de Itapema são adeptas ardorosas do atual presidente brasileiro, aquele cujo governo não cansa de atacar a educação e perseguir educadores/as.

Os/as trabalhadores/as em educação brasileiros/as repudiam de forma veemente mais esse caso de ataque à educação brasileira, agora consubstanciado na demissão sumária do professor Meister, com quem nos solidarizamos de forma enfática. Estamos todos/as atentos/as aos desdobramentos desse caso e não nos furtaremos em reverberar nacional e internacionalmente essa atitude vergonhosa de gestores públicos de um município que não honram a área que deveriam gerir. Essa espécie de gente, que não entende nada de educação, não deveria assumir funções dessa natureza e lutaremos para que nunca mais o faça.

Brasília, 14 de maio de 2019

Direção Executiva da CNTE

 
 
  13/05/2019
Boletim CNTE 835
Rumo à greve geral da classe trabalhadora em 14 de junho!
INFORMATIVO CNTE 835  
 
 
Presidente da CNTE Heleno Araújo fala sobre a Greve Nacional da Educação
 
 

Programa 611 - Lançamento da 20ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública

 
 

Nota de apoio à greve dos servidores administrativos do Mato Grosso do Sul

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Milhares de profissionais da Educação da rede estadual, que aprovaram a deflagração de greve, votada em Assembleia da categoria, nesta segunda-feira (20/5), ocuparam as ruas do centro de Cuiabá, numa caminhada...
O Sindeducação participou, no último dia 14, de uma reunião com professores e pais de alunos da UEB Camélia Viveiros, localizada no Bairro Coroado, em São Luís (MA). A unidade escolar está...
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) convoca os profissionais da educação da rede estadual para a Assembleia Geral da categoria nesta segunda-feira (20.05), a partir das 14horas, na Escola...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca todas as entidades filiadas a participarem da "Semana de Calcular Sua Aposentadoria", de 20 a 24 de maio, em todo país. Neste período a CNTE...
Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) | A Agência Sindical segue debatendo a reforma da Previdência. Desta vez, entrevistamos Antônio Augusto de Queiroz, jornalista, assessor político e diretor...
Cerca de 5 mil manifestantes participaram da Greve Nacional da Educação em Divinópolis (MG), que envolveu muitos segmentos sociais, sindicalistas, todas as redes de ensino, e muitos estudantes e principalmente a Comunidade escolar.A...
O Movimento Unificado dos Servidores Públicos de Maceió realizou assembleia geral com as categorias, na manhã desta sexta-feira (17), na Praça Dois Leões, em Jaraguá, oportunidade para as lideranças...
Dia 15 de maio foi um dia histórico, o Sinproesemma junto com trabalhadores em educação, centrais sindicais, estudantes e movimentos sociais saíram às ruas para protestar contra as medidas do governo Jair Bolsonaro e...
Além de indicar retomada do movimento de massas no Brasil, a mobilização inspira a necessária resistência aos tempos sombriosA Greve Nacional da Educação do último dia 15 de maio mobilizou...
"Ninguém solta a mão de ninguém" é o tema da campanha da CNTE pelo Dia Nacional e Internacional de Luta Contra a LGBTfobia. A data comemorativa foi instituída quando a Organização das...
Aproximadamente cinco mil pessoas participaram das manifestações em frente a Assembleia Legislativa, em Palmas O Dia 15 de maio foi marcado por “aulas nas ruas”, milhares de trabalhadores e trabalhadoras em...
Entidades sindicais que defendem os trabalhadores da Educação, centrais sindicais, movimentos estudantis, movimentos sociais e trabalhadores foram às ruas nesta quarta-feira (15), defender o financiamento permanente...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.