Moção de repúdio a prefeitura de São Sebastião do Paraíso/MG pela falta de pagamento dos salários dos trabalhadores em educação do município

Publicado em Quarta, 07 Novembro 2018 13:26

banners mocao de repudio 2

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entidade representativa de mais de 4 milhões de trabalhadores/as das escolas públicas brasileiras, vem a público REPUDIAR, de forma veemente, a falta de pagamento de salários aos trabalhadores em educação do município de São Sebastião do Paraíso/MG que, desde agosto desse ano, vem reiteradamente tendo os seus salários atrasados ou parcelados.

O município está hoje com mais de 450 professores/as com seus salários atrasados, ainda referentes ao mês de setembro, tendo muitos desses tido a sua remuneração parcelada, em um claro desrespeito da gestão municipal com a educação pública de sua cidade. O Sindicato dos Servidores da Educação Pública Municipal de São Sebastião do Paraíso – SindEduc está atento a situação e já mobiliza os/as trabalhadores/as do município a fim de cobrar da Prefeitura o pagamento devido aos servidores.

A Prefeitura do município, em que pese ter aumentado a sua arrecadação em mais de 4,5 milhões de reais no mês de outubro, segundo dados obtidos pelo Sindicato através do portal eletrônico do Banco do Brasil, não responde à altura da gravidade da situação. Primeiro, de forma absolutamente acintosa, questionou a representatividade do sindicato dos servidores da educação, indicando em sua nota divulgada que reconhece outra entidade que não o SindEduc. Depois disso, afirma que a falta de pagamento ou seu parcelamento se deu em decorrência do atraso no repasse dos recursos do FUNDEB.

É estarrecedor a falta de responsabilidade ética e social da gestão municipal com os seus trabalhadores em educação do município que, em função desse atraso, passam a viver em situação de penúria absoluta, tendo que depender de parentes e vizinhos para conseguirem alimentar-se a si e a suas famílias. Se não bastassem os argumentos mais esdrúxulos para justificar esses atrasos e parcelamentos de salários, a Prefeitura Municipal ainda alocou os recursos do FUNDEB, que podem e devem ser gastos prioritariamente na remuneração de seus servidores da educação, na aquisição de carros, compra de mobiliários e outros tantos gastos desnecessários e, diante da atual situação de atraso e parcelamento de salários, supérfluos.

Denunciaremos esse descaso nacionalmente e colocamo-nos solidários aos/às trabalhadores/as em educação do município, ao tempo em que exigimos da gestão municipal a solução desse grave problema. Disponibilizamos à categoria todo o nosso suporte para o enfrentamento que se colocar necessário para dar solução a essa questão. Não é possível a perpetuação de tamanho desrespeito imposto aos/às educadores desse município, praticado por uma gestão pública que não sabe dar valor a quem oferece apenas o futuro às crianças e jovens de sua cidade.

Brasília, 07 de novembro de 2018

Direção Executiva da CNTE

 

 
 
  08/02/2019
Boletim CNTE 825
O começo do ano letivo de 2019 traz imensos desafios para os trabalhadores em educação de todo o Brasil
INFORMATIVO CNTE 825  
 
 
Videoconferência Reforma Tributária Solidária (06/08/2018)
 
 

Programa 607: No Dia do Aposentado, CNTE pede resistência.

 
 

Carta aberta aos(às) trabalhadores(as) em educação e à sociedade sobre os retrocessos na agenda social do país

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Decisão gera ’impacto sem precedentes na vida da mulher’, diz sindicato; Metade dos inativos dos Estados são professores. A professora Mônica Lucas Vieira, 49, contava os dias para se aposentar no segundo semestre deste...
Projeto desenvolvido pela Unicamp contou com mais de 57,5 mil participantes em 2018; competição prevê participação por meio de equipes formadas por professores e alunos dos 8º e 9º anos e do Ensino...
Em visita à Escola Estadual Nossa Senhora do Bom Conselho, na última sexta-feira (8/2), o Sinteal foi informado sobre problemas graves na estrutura. Em conversa com a direção da Escola, a presidenta Consuelo Correia...
O Sindicato APEOC, representado pelo presidente, Anizio Melo, e pelo secretário-geral, Helano Maia, reuniu-se nesta sexta-feira (08), com o secretário da articulação política, Nelson Martins, para tratar do projeto da...
Em carta recente ao Supremo Tribunal Federal (STF), o secretário da Fazenda do Estado de Alagoas, George Santoro, formulou pedido de quebra da garantia constitucional da irredutibilidade dos salários dos trabalhadores. Nesta mesma semana,...
"Eles querem colocar o partido conservador dentro do espaço da escola, tirando a pluralidade", diz presidente da CNTE Alunos em filas separadas por gênero cantam o hino nacional antes de entrarem à escola. Todos uniformizados, se...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca os membros das secretarias e assessorias jurídicas das entidades filiadas para participarem de reunião para avaliar, definir...
No dia 20 de fevereiro, será realiza em São Paulo, a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. Organizada e já convocada nos Estados e municípios pelas Centrais Sindicais, o encontro tem como pauta principal a defesa da...
No dia 20 de fevereiro, será realiza em São Paulo, a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. Organizada e já convocada nos Estados e municípios pelas Centrais Sindicais, o encontro tem como pauta principal a defesa da...
A Direção do Sintero se reuniu na última segunda-feira (04/02), com o novo secretário de Estado da Educação, Suamy de Abreu, para tratar de vários assuntos de interesse dos trabalhadores em...
Assim como no Brasil, a propagação de falsas notícias nas redes sociais da Internet atinge a todos os países da região, atacando e difamando pessoas e setores sociais inteiros de um país. Definitivamente, virou...
O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, e o dirigente, Mikaelton Carantino, foram à Assembleia Legislativa do Ceará nesta terça-feira (05), para cobrar dos parlamentares estaduais a aprovação do projeto de lei...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.