O Movimento na Infância

Publicado em Quarta, 22 Junho 2016 11:30

Ms. Jussara PietczakAppelt – Professora de Educação Infantil na Escola Municipal em Tempo Integral Eugênio Ernesto Storch e Centro de Educação Básica Francisco de Assis – EFA
Denise Marchand - Professora de Educação Infantil na Escola Municipal em Tempo Integral Eugênio Ernesto Storch

 

Desde bebê as crianças fazem movimentos com o corpo, aos quais, vão se estruturando e no decorrer de sua vida, assumem significações e exercem grande influência no seu desenvolvimento. Os primeiros movimentos da criança já são sentidos pela mãe ainda no útero.

Depois do nascimento, o que percebemos no desenvolvimento infantil é o corpo e seus movimentos. Nos seus primeiros anos, as crianças utilizam o corpo para expressar suas vontades, emoções e também seus conceitos e pré-conceitos.

Assim, o movimento é considerado como premissa fundamental no desenvolvimento humano em todas as suas dimensões, pois, as crianças desde cedo estão com o corpo em constante movimento, descobrem e comunicam-se com o mundo. Nesta perspectiva muito antes de aprender os ensinamentos formais escolares, o corpo das crianças precisa estar organizado, estruturado no tempo e no espaço, precisa desenvolver seus movimentos amplos, como correr, saltar, pular; e movimentos finos, tais como desenhar, recortar, amassar, ter experiências motoras que estruturem sua imagem e seu esquema corporal: controle, coordenação, conhecimento e consciência do seu corpo.

Nesta perspectiva, as escolas ao receberem as crianças precisam levar em conta o desejo e a necessidade de movimento que as acompanham, proporcionando experiências que sejam significativas envolvendo diferentes linguagens e movimentos corporais, de acordo com a realidade e a faixa etária de cada sujeito.

Segundo a pedagoga Bernadete W. Cisz, “a psicomotricidade vem auxiliar o desenvolvimento motor e intelectual da criança, sendo que o corpo e a mente integrados são os elementos da sua formação”. Ela, afirma que o trabalho psicomotor ajuda na estruturação da personalidade da criança, já que as crianças podem expressar melhor seus desejos, desenvolver suas necessidades e trabalhar suas dificuldades. Pois, as atividades motoras são importantes para o desenvolvimento global das crianças. Enquanto explora o mundo que a rodeia com todos os órgãos dos sentidos, vai aprofundando e expandindo a suas experiências individuais. E a melhor maneira da criança ter esta experiência motora é pelo ato de brincar. Quando brinca, a criança expressa sentimentos, necessidades e constrói o seu mundo, a sua aprendizagem com referências vividas.

Para Vygotsky(1987, p.91), o brincar é uma atividade humana criadora, na qual a imaginação, a fantasia e a realidade interagem na produção de novas possibilidades de interpretação de expressão e de ação pela criança, assim como, de novas formas de construir relações sociais com outros sujeitos, crianças e adultos.

Estas experiências com o brincar devem desencadear o fortalecimento e a estruturação da identidade das crianças, e que ao potencializar e respeitar as diferentes habilidades geram interações positivas, desafiadoras, reveladoras de autonomia, criticidade e criatividade, que parte da possibilidade de interpretar, representar e dar significado à realidade proporcionada pela vivência lúdica. Propõe-se que é na educação infantil que a criança está ativamente envolvida na exploração e experimentação de suas capacidades motoras. Pois, neste período a criança é envolvida pelo brincar que compreende uma forma de linguagem capaz de permitir à criança conhecer o mundo, os objetos, e a cultura. É pelo ato do brincar que ela expressa o mundo à sua maneira, construindo conhecimentos sobre ele, sobre si mesma e sobre os outros.

É pelas brincadeiras que as crianças tomam consciência de seu corpo de suas capacidades motoras e limitações, permitindo-se a experimentarem e se desafiarem para um crescimento cognitivo, afetivo e psicomotor.

Segundo a Proposta Curricular para a Educação Infantil do Município de Ijuí, o movimento significa muito mais que o mexer as partes do corpo, ou deslocar-se. A proposta referenda que “ao movimentar-se, a criança expressa sentimentos, emoções e pensamentos, ampliando as possibilidades do seu uso significativos de gestos corporais”. E nos primeiros anos de vida as conquistas são inúmeras e muito significativas, sendo necessário a importância em desenvolver diversos movimentos e explorar diversos materiais. Mas é na pré-escola que a criança aprende a controlar e aprimorar gradualmente o seu movimento ajustando suas habilidades de acordo com a vivência que está sendo desafiada a participar, assim como desenvolver conceitos e desmistificar pré-conceitos anteriormente estabelecidos em situações anteriores.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

CISZ , Bernadete Wolff. O movimento é a primeira manifestação na vida do ser humano. http://educarparacrescer.abril.com.br/zigzigzaa/pedagoga.shtml
PROPOSTA CURRICULAR. Tempo e Espaço de ser criança. Secretaria Municipal de Educação, Ijuí, RS, 2014.
VYGOTSKY, Lev Semenovich. A formação social da mente. São Paulo, Martins Fontes, 1987.

 
PLATAFORMA VIRTUAL   FORMAÇÃO SINDICAL   ARTIGOS E PESQUISAS
   
         
 
  21/09/2017
Boletim CNTE 801
19 de setembro: Jornada de Luta Latino-americana em Defesa da Educação Pública
INFORMATIVO CNTE 801  
 
 
Reunião do CNE discute a Reforma da Previdência (14/09/2017)
 
 

Programa 594: Medida Provisória que trata do novo Fies dificulta o acesso ao ensino superior

 
 

CNTE faz análise sobre o PL 6.847/17, que visa regulamentar o exercício da profissão de Pedagogo

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Apoiando a cultura, a APLB Feira participou e apoiou o “Aberto do Cuca” - evento que comemora os 22 anos do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) - nesta quinta, 21. Trabalhadores em Educação participaram com a...
O Paulo Freire em setembro realizou, na terça-feira (19), uma Jornada Latino Americana de Luta em Defesa da Educação Pública, Gratuita, Laica e Emancipadora. Pela manhã, a iniciativa foi toda realizada no...
Diretoras do Sinteal participaram, na tarde dessa quinta-feira (21/09), no auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Maceió, no Centro desta capital, de um ato conjunto juntamente com companheiras dos demais movimentos...
Na tarde dessa quarta-feira (20), as diretoras do Sinteal Ivanilza Fabricio e Neide Aparecida, junto com a assessoria jurídica da entidade, estiveram reunidas na Promotoria de Justiça de Maragogi, com a Drª. Francisca Paula...
Na manhã desta quarta-feira (20), a direção do SISMMAC se reuniu com professoras e professores da rede municipal para repassar novas orientações sobre como organizar a reposição dos dias de...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entidade representativa dos trabalhadores na educação básica pública de todo o país, vem a público REPUDIAR a...
Numa fala análoga à xenófoba, o vereador afirmou que os professores que não moram no bairro de Itinga têm nojo das crianças do referido bairro; além de declarar abertamente que é contra a escolha...
A CNTE participa nesta quinta-feira (21), em Fortaleza (CE), da Audiência Pública que debate nesta manhã o pagamento do precatório do Fundef e, a partir das 14h, a proposta do Novo Fundeb . O sindicato Apeoc-CE, com o apoio...
Após deliberação em assembleia realizada na última terça-feira (19), sete profissionais da educação municipal iniciaram às 18h00 desta quarta-feira (20), uma greve de fome por tempo indeterminado....
Paulo Freire em setembro reuniu, na última terça-feira (19), estudantes, educadores e representantes de intuições de ensino e sindicatos no auditório do Centro de Educação da UFPE, no Recife. Anualmente,...
A assembleia da rede municipal de educação foi realizada na noite da última terça-feira (19), em frente à Câmara Municipal de Palmas. Os profissionais da educação votaram por unanimidade pela...
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais da educação básica brasileira, torna pública a sua mais irrestrita solidariedade ao...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003
Fax: +55 (61) 3225-2685

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.