O Movimento na Infância

Publicado em Quarta, 22 Junho 2016 11:30

Ms. Jussara PietczakAppelt – Professora de Educação Infantil na Escola Municipal em Tempo Integral Eugênio Ernesto Storch e Centro de Educação Básica Francisco de Assis – EFA
Denise Marchand - Professora de Educação Infantil na Escola Municipal em Tempo Integral Eugênio Ernesto Storch

 

Desde bebê as crianças fazem movimentos com o corpo, aos quais, vão se estruturando e no decorrer de sua vida, assumem significações e exercem grande influência no seu desenvolvimento. Os primeiros movimentos da criança já são sentidos pela mãe ainda no útero.

Depois do nascimento, o que percebemos no desenvolvimento infantil é o corpo e seus movimentos. Nos seus primeiros anos, as crianças utilizam o corpo para expressar suas vontades, emoções e também seus conceitos e pré-conceitos.

Assim, o movimento é considerado como premissa fundamental no desenvolvimento humano em todas as suas dimensões, pois, as crianças desde cedo estão com o corpo em constante movimento, descobrem e comunicam-se com o mundo. Nesta perspectiva muito antes de aprender os ensinamentos formais escolares, o corpo das crianças precisa estar organizado, estruturado no tempo e no espaço, precisa desenvolver seus movimentos amplos, como correr, saltar, pular; e movimentos finos, tais como desenhar, recortar, amassar, ter experiências motoras que estruturem sua imagem e seu esquema corporal: controle, coordenação, conhecimento e consciência do seu corpo.

Nesta perspectiva, as escolas ao receberem as crianças precisam levar em conta o desejo e a necessidade de movimento que as acompanham, proporcionando experiências que sejam significativas envolvendo diferentes linguagens e movimentos corporais, de acordo com a realidade e a faixa etária de cada sujeito.

Segundo a pedagoga Bernadete W. Cisz, “a psicomotricidade vem auxiliar o desenvolvimento motor e intelectual da criança, sendo que o corpo e a mente integrados são os elementos da sua formação”. Ela, afirma que o trabalho psicomotor ajuda na estruturação da personalidade da criança, já que as crianças podem expressar melhor seus desejos, desenvolver suas necessidades e trabalhar suas dificuldades. Pois, as atividades motoras são importantes para o desenvolvimento global das crianças. Enquanto explora o mundo que a rodeia com todos os órgãos dos sentidos, vai aprofundando e expandindo a suas experiências individuais. E a melhor maneira da criança ter esta experiência motora é pelo ato de brincar. Quando brinca, a criança expressa sentimentos, necessidades e constrói o seu mundo, a sua aprendizagem com referências vividas.

Para Vygotsky(1987, p.91), o brincar é uma atividade humana criadora, na qual a imaginação, a fantasia e a realidade interagem na produção de novas possibilidades de interpretação de expressão e de ação pela criança, assim como, de novas formas de construir relações sociais com outros sujeitos, crianças e adultos.

Estas experiências com o brincar devem desencadear o fortalecimento e a estruturação da identidade das crianças, e que ao potencializar e respeitar as diferentes habilidades geram interações positivas, desafiadoras, reveladoras de autonomia, criticidade e criatividade, que parte da possibilidade de interpretar, representar e dar significado à realidade proporcionada pela vivência lúdica. Propõe-se que é na educação infantil que a criança está ativamente envolvida na exploração e experimentação de suas capacidades motoras. Pois, neste período a criança é envolvida pelo brincar que compreende uma forma de linguagem capaz de permitir à criança conhecer o mundo, os objetos, e a cultura. É pelo ato do brincar que ela expressa o mundo à sua maneira, construindo conhecimentos sobre ele, sobre si mesma e sobre os outros.

É pelas brincadeiras que as crianças tomam consciência de seu corpo de suas capacidades motoras e limitações, permitindo-se a experimentarem e se desafiarem para um crescimento cognitivo, afetivo e psicomotor.

Segundo a Proposta Curricular para a Educação Infantil do Município de Ijuí, o movimento significa muito mais que o mexer as partes do corpo, ou deslocar-se. A proposta referenda que “ao movimentar-se, a criança expressa sentimentos, emoções e pensamentos, ampliando as possibilidades do seu uso significativos de gestos corporais”. E nos primeiros anos de vida as conquistas são inúmeras e muito significativas, sendo necessário a importância em desenvolver diversos movimentos e explorar diversos materiais. Mas é na pré-escola que a criança aprende a controlar e aprimorar gradualmente o seu movimento ajustando suas habilidades de acordo com a vivência que está sendo desafiada a participar, assim como desenvolver conceitos e desmistificar pré-conceitos anteriormente estabelecidos em situações anteriores.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

CISZ , Bernadete Wolff. O movimento é a primeira manifestação na vida do ser humano. http://educarparacrescer.abril.com.br/zigzigzaa/pedagoga.shtml
PROPOSTA CURRICULAR. Tempo e Espaço de ser criança. Secretaria Municipal de Educação, Ijuí, RS, 2014.
VYGOTSKY, Lev Semenovich. A formação social da mente. São Paulo, Martins Fontes, 1987.

 
PLATAFORMA VIRTUAL   FORMAÇÃO SINDICAL   ARTIGOS E PESQUISAS
   
         
 
  20/11/2017
Boletim CNTE 806
Dia 20 de novembro é Dia da Consciência Negra: por uma escola sem racismo!
INFORMATIVO CNTE 806  
 
 
CNTE convoca trabalhadores a participarem de paralisação contra a retirada de direitos (09/11/2017)
 
 

Programa 594: Medida Provisória que trata do novo Fies dificulta o acesso ao ensino superior

 
 

Formação escolar cidadã, democrática e plural não pode reverberar ideologias reacionárias e fascistas

 
  Acesse a agenda de mobilizações da CNTE
 
  Acesse nossa galeria de fotos
 
  Disponível na Google Play e App Store
 

 VEJA MAIS NOTÍCIAS
Repúdio! Este é o posicionamento que declaramos diante do comportamento do Governo do Estado em relação a mais um atraso de pagamento que o funcionalismo público sofreu este mês. O pagamento da segunda parcela...
Profissionais do magistério das redes públicas municipal e estadual poderão receber um salário a mais em suas contas. O valor é referente aos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento...
Neste sábado (25/11), às 8h30, a categoria está convocada a participar da Assembleia Estadual Extraordinária da APP-Sindicato. O momento de debate e decisões será realizado no Espaço Reviver (Av....
Uma recente pesquisa divulgada pela Globonews afirmou que o número de professores de escolas estaduais afastados por transtornos mentais ou comportamentais quase dobrou entre 2015 e 2016. De acordo com a apuração no ano de 2015,...
Centenas de estudantes de escolas públicas, professores e entidades parceiras, deram um grande abraço coletivo ao redor da Praça Tamandaré, em Goiânia, na manhã da última segunda-feira (20/11) – Dia...
A APP-Sindicato conseguiu decisão favorável em mais 19 ações judiciais individuais movidas contra o Estado do Paraná, devido a violência contra educadores no dia 29 de abril de 2015. Ao todo já foram...
O Mandado de Segurança foi impetrado contra ato coator do prefeito de Dois Irmãos/TO que rebaixou a carga horária de três professoras que se concursaram por 20 horas, mas que tinham interesse em aumentar suas jornadas...
O filme “Primavera” é um longa-metragem documentário da Clementina Filmes, dirigido por Ana Petta e Paulo Celestino, inspirado e motivado pela recente onda de ocupações de estudantes secundaristas nas escolas do...
O Conselho Nacional de Entidades – CNE, instância deliberativa da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, que reuniu em Contagem/MG no dia 19 de novembro de 2017 mais de 100...
O que o mundo mais precisa a tradição africana ensina: ubuntu é o jeito de viver e conceber as relações humanas que pensa a comunidade em seu sentido mais pleno, como uma grande família. E é nesse...
Depois de encerrados os trabalhos no IV Encontro do Movimento Pedagógico Latino-Americano, na sexta-feira (17/11), os participantes marcharam pelas principais ruas do centro de Belo Horizonte em defesa da educação pública e...
Nesta segunda-feira (20) a partir das 9h, a Praça Tamandaré, em Goiânia, será abraçada por mais de 1.500 estudantes, profissionais da educação e parceiros na 17ª edição do projeto...
Leia mais 
  Revista Mátria Programa de Formação Funcionários da educação Cadernos de Educação Pesquisas  
   
  Outras publicações 
 
   
   
  Mais eventos 
         
Outras campanhas 
         
         
         
         
 
 
             
INSTITUCIONAL LUTAS TABELA SALARIAL DOCUMENTOS LEGISLAÇÕES COMUNICAÇÃO FALE CONOSCO
             
- A CNTE - A Lei do Piso   - Caderno de Resoluções - Educacional - Notícias  
- Diretoria 2017/2021 - Cartilha do Piso   - Estatuto - Pesquisar - Giro pelos Estados  
- Entidades Filiadas - Propostas Diretrizes   - Moções   - CNTE Notícias  
- Secretarias de Carreira   - Notas Públicas   - Educação na Mídia  
  - Livreto Diretrizes       - Releases  
  e Carreira          
  - A Lei do PNE          
  - Cartilha do PNE    

CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Endereço: SDS, Edifício Venâncio III, Salas 101/106
CEP: 70393-902 - Brasília-DF
E-mail: cnte@cnte.org.br

Telefone: +55 (61) 3225-1003

  - Royalties do Petróleo    
       
       
       
       
       
       
       
       
       
2014© Todos os direitos reservados.