Quase 100% dos leitos de UTI ocupados em Uberlândia. É esse o cenário enfrentado hoje em Uberlândia, após o retorno das aulas presenciais na Rede Municipal.

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) – Subsede Uberlândia vem a público para denunciar a grave situação de contaminações e mortes pela Covid-19 no município.

Segundo dados da própria Secretaria Municipal de Saúde (4/8/2021), o nível de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 na Rede Municipal está em 99%, mas, nos dias 2 e 3 de agosto estava com 100% de ocupação. Em apenas 24h, nove pessoas morreram por conta da pandemia.

O Sind-UTE/MG – Subsede Uberlândia destaca que as aulas presenciais foram retomadas no dia 14/6/2021 e, desde a data, a situação com a pandemia piorou. Escolas estaduais e municipais estão sendo fechadas diante da situação, profissionais foram contaminados, mas, o Sindicato reforça que esse cenário de colapso poderia ter sido evitado se, antes de impor o retorno presencial das aulas, a Prefeitura tivesse se dedicado para a ampliação da vacinação e melhoria na estrutura das escolas.

A direção da Subsede de Uberlândia informa que permanece vigilante e cobra da Prefeitura a suspensão imediata das aulas presencias no município, a fim de evitar uma tragédia maior. É urgente a tomada de ações no controle, bem como, na prevenção contra novas contaminações para que essa situação não ocorra novamente e coloque em risco a vida de mais pessoas.

Sind-UTE/MG – Subsede Uberlândia na defesa da vida da categoria, dos/as estudantes, das comunidades escolares e de toda a população.

Sind-UTE/MG, 05/08/2021