2022 11 03 giro mt professor

Professor também sofreu ameaças de morte em redes sociais de milícias digitais que atuam na região

O professor de história Anderson Cardoso Ribeiro, que atua no município de Sinop, Norte do estado, foi demitido via whatsapp de uma das escolas onde leciona, após ter publicado em uma de suas redes sociais, uma crítica aos bloqueios feitos nas rodovias federais por bolsonaristas que se recusam a aceitar o resultado das urnas.

O professor contou ao Sintep-MT, que, além da demissão sumária de uma das escolas particular onde atuava, após ter, democraticamente se manifestado na internet em sua página pessoal, se posicionando contra os abusos praticados nas estradas, com impedimento das pessoas de ir e vir, também passou a receber diversas ofensas e até mesmo ameaças de morte. “Medidas estão sendo tomadas.

Querem destruir a minha reputação. Me expuseram indevidamente em páginas nas redes sociais, difamando a minha honra, a minha imagem, me expuseram como se eu fosse um mero delinquente simplesmente por eu ter colocado a minha opinião na internet em minha página pessoal.

Leia mais:https://url.gratis/1KAi

(Sintep/MT, Andressa Boa Sorte, 3/11/2022)