2019 04 24 giro sinteal

Para debater a realidade da escola pública, que é tema central do 20ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública, que se realizará até a próxima sexta-feira (26), o Sinteal, está realizando uma Jornada de Debates em diversas escolas da rede pública de Alagoas.

Nesta manhã, dirigentes do sindicato foram recebidos na Escola Estadual Campos Teixeira, no bairro do Poço, com o debate sendo iniciado com os/as alunos/as da escola, quando as/os dirigentes do Sinteal debateram sobre eles/as, no dia a dia escolar, observam as condições da própria escola.

Comparações feitas em relação às escolares trouxeram reflexões sobre a imagem distorcida que uma parte da sociedade tem da rede pública de educação. “Ambas enfrentam problemas, mas qualquer aspecto de negativo da escola pública é escancarado, enquanto na escola da rede privada é escondido, e há, claro, interesses econômicos envolvidos nessa situação”, explicou a professora Lenilda Lima.

Relacionando com temas levantados por diversos alunos - violência e drogas, entre outros -, o debate chegou a pontos fundamentais relacionados à escola pública, como o respeito à opiniões diferentes, democracia e a luta sem trégua contra toda e qualquer forma de intolerância. “Aqui é o espaço dos educadores e educadoras, da porta de entrada da escola até a cozinha. Vocês só terão uma vida diferente se possuírem educadores e educadoras que reflitam, que pensem, se orientem e ajam a partir de boas reflexões”, disse Lenilda.

Diretoras/es do Sinteal aproveitaram o momento para também abordar sobre como as mudanças na lei (a exemplo da reforma previdenciária) atingem gravemente a vida de todos na escola (profissionais em educação e alunos/as). Alguns alunos pediram para falar e confessaram não querem ser professores/as, segundo eles uma profissão que tem pouca recompensa por parte dos gestores, e de díficil trabalho.

Depois da sala de aula, o debate envolveu trabalhadoras/es em educação e a diretoria do Sinteal, quando foi aprofundado o debate sobre pontos como a reforma previdenciária ( seus prejuízos enormes em relação aos direitos históricos dos/as trabalhadores/as e sobre como ela atinge em cheio a educação), reforma do ensino médio, BNCC, ensino domiciliar, dentre outros.

Ainda pela manhã, outra parte da diretoria do Sinteal esteve mobilizada para realizar mais uma “Jornada de Debates”, desta vez na Escola Estadual Professor José Remi Lima, localizada no bairro do Clima Bom, com a mesma pauta que orientou os debates na E. E. Campos Teixeira.

“Jornada de Debates” continuam no 4º e no 5º e último dia da 20ª Semana Nacional

Quinta-feira (25), a “Jornada de Debates” continua com o seguinte calendário de escolas, bairros e horários:
● 10hs: CAIC Drº José Maria de Melo (Benedito Bentes).
● 10h20: Escola Municipal de Ensino Fundamental Nosso Lar I (Levada).
● 16hs: Escola Estadual Profª Adeilza Maria (Chã da Jaqueira).
● 17h20: Escola Estadual Drª Eunice de Lemos Campos (Benedito Bentes).
● 18hs: Escola Municipal de Ensino Fundamental Sérgio Luiz Pessoa Braga (Feitosa).

Sexta-feira (26), último dia de atividades da 20ª Semana Nacional, a “Jornada de Debates” está com esta programação:
● 10hs: CMEI Vice-governador Francisco Mello (Vergel do Lago).
● 10hs: Escola Municipal Profª Marizete Correia Nunes Bruno (Serraria).

(Sinteal, 24/04/2019)