2019 07 15 giro sintepi

Em assembleia geral na última quinta-feira (11/7), no Clube do Sinte-PI, os trabalhadores em educação decidiram por maioria a suspensão da Greve, mas que fica mantida o Estado de Greve até setembro, prazo que o governo tem para cumprir o que foi proposto.

A presidente Paulina Almeida afirma que a proposta do Governo não foi considerada ideal para a categoria, mas colocando as questões durante a reunião, a categoria optou por aceitar a proposta.

“Conversamos com o Secretário de Educação na segunda-feira (08), que reapresentou essa proposta. Discutimos ainda a questão das aposentadorias, e estamos acompanhando a liberação. O processo está caminhando lentamente”, explicou Paulina.

Veja a proposta:

- Reajuste de 4,17% para professores e funcionários ATIVOS, em forma de tíquete alimentação a partir de 1º de julho;

- Reajuste de 4,17% para inativos, aposentados e pensionistas a partir da segunda quinzena de setembro após a entrega do Relatório da Gestão da LRF.

Segundo o secretário de administração, Merlong Solano, na próxima audiência, será discutido com maior profundidade as mudanças de classe e nível. Na Assembleia desta manhã ainda foi aprovada a participação na Marcha pela Valorização da Educação organizada pela CNTE, que acontecerá nacionalmente dia 13 de agosto.

(Sinte-PI, 15/07/2019)