Ato 13 de Agosto BA Correntina

Mais uma vez, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de Correntina (BA), em parceria com as Escolas Municipais, a Escola Família Agrícola de Correntina, o Colégio Estadual de Correntina e o Colégio Estadual Duque de Caxias, aderiu à Agenda Nacional de Lutas e realizou um Ato Público pelas ruas da cidade, nesta terça-feira (13/08).

Em unidade com as centrais sindicais do país, o Sinditec levou para as ruas de Correntina os pontos da pauta da luta nacional: Defesa da Educação Pública e Luta Contra a Destruição da Aposentadoria. No entanto, à pauta nacional foi acrescentada a agenda local referente aos Precatórios do FUNDEF.

O Ato Público contou com uma adesão significativa de professores, alunos, trabalhadores em educação, agricultores e agricultoras. Iniciou-se no Centro da Cidade, nas imediações do IMUPRE (Instituto Municipal de Previdência) e foi finalizado em frente à Prefeitura Municipal de Correntina, onde cobrou-se do Prefeito a destinação de 60% dos Precatórios do FUNDEF para serem rateados entre os profissionais da educação como verba indenizatória.

O grande recado do Ato Público foi a reafirmação de que é preciso lutar para garantir a manutenção de todos os direitos conquistados com muita luta e esforço, sobretudo os direitos relacionados ao acesso à educação pública gratuita e de qualidade e o direito à previdência social.

Fonte: Sinditec (13/08/2019)

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS: