2019 11 06 giro al

 O Sinteal participou, na manhã desta terça-feira (5), dentro da programação da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que acontece, no bairro de Jaraguá, de 1º a 10 de novembro do corrente, do I Seminário do GEPPCI (Grupo de Estudos e Pesquisas em Pedagogias e Culturas Infantis), cujo tema é: “Infância(s) e Educação das Crianças: Lutas, Resistências e Abordagens”, realizado no MISA - Museu da Imagem e do Som de Alagoas.

Criado há três anos, o GEPPCI, que é vinculado ao Centro de Educação da UFAL (CEDU), desenvolve pesquisas sobre e com crianças brasileiras através de linhas de pesquisas como “Artefatos culturais para das e para crianças”, “Crianças e Infâncias brasileiras”, “Formação Docente para a Pequena Infância”, entre outras, e já acumula uma importante contribuição voltada aos estudos da infância e da educação infantil no Brasil.

Segundo seus organizadores, este primeiro seminário objetiva aproximar da sociedade as ações do grupo de pesquisa, especialmente das/os professoras/es que atuam em creches e pré-escolas, e que contribuem para as produções do GEPPCI, desde quando permitem a realização de pesquisas e projetos relacionados às orientações de estágios supervisionados.

O tema “Infância(s) e Educação das Crianças: Lutas, Resistências e Abordagens” foi escolhido porque envolve as lutas e resistências que têm se apresentado no cotidiano das/os profissionais que “pensam e fazem a educação das crianças…, e envolve, ainda, a discussão de abordagens sobre experiências de educação de crianças em instituições públicas e privadas”, como esclarece o panfleto que divulgou o seminário.

Participação do Sinteal

Após a abertura do evento, que foi feitas por representantes do GEPPCI em Alagoas, foi realizada a Conferência de Abertura, sob o tema “Infâncias, movimentos sociais e educação”, com a participação do professor doutor Clériston Izidro dos Anjos (que é membro do próprio GEPPCI) e da professora Edna Lopes (diretora do Sinteal na Secretaria de Assuntos Educacionais e também membro representante do Sinteal no FADEDI - Fórum Alagoano em Defesa da Educação Infantil).

Em sua intervenção, Edna abordou a atuação do Sinteal nos fóruns de defesa da educação infantil, reforçando serem os mesmos “um espaço muito caro [precioso] para nós da diretoria do sindicato”.

“Trabalhamos para dar visibilidade às crianças e trabalhadores que estão nos mais diversos espaços e em condições às mais adversas. Pela experiência de luta, noto que cada vez mais a gente precisa cobrar das redes públicas que contemple o espaço das crianças. Outro campo de batalha tem a ver com o combate sem trégua ao trabalho infantil, que necessita ser ainda mais fortalecido. Por fim, Edna falou sobre a importância do trabalho do FADEDI na elaboração de documentos e na formação das/os educadoras/es.

I Seminário continua

Ainda pela manhã, e após a Conferência de Abertura. o I Seminário do GEPPCI continuou com a realização do Mínicurso “Os bebês na Educação e nas Ciências Sociais”, ministrado pela professora da UFAL e mestranda em Sociologia Camila Melo. Agora à tarde estão sendo realizada as Mesas-Redondas “Educação das Crianças em Tempos de Lutas e Resistências”, “Abordagens em Educação das Infâncias”, e, por fim, a Conferência de Encerramento “Lutas e Resistência em Defesa da Educação das Crianças”.

(Sinteal, 05/11/2019)