Neste dia 07, os trabalhadores e trabalhadoras em Educação do Município de João Pessoa, na Paraíba fazem o dia D de mobilização contra a Reforma da Previdência Municipal que está sendo pautada na Câmara Municipal de forma remota, sem o diálogo necessário com a classe trabalhadora. A reforma segue os moldes da reforma de Bolsonaro aprofundando a retirada direitos em relação à idade de aposentadoria da mulher professora, uma regra de transição injusta e a diminuição dos cálculos finais dos proventos.

A programação da mobilização virtual está acontecendo por meio intensa campanha nas redes sociais com de postagens de fotos com cartazes, vídeo e mensagens cobrando dos vereadores que votem não à Reforma. Amanhã (08), a categoria estará presente na sessão remota da câmara pressionando para que o projeto não seja aprovado.

(Sintemjp, 07/06/2021)