Giro pelos estados

Educação vota contra o retorno das aulas 100% presenciais nas escolas de Palmas

100% NÃO DÁ! A Educação de Palmas votou contra o retorno das aulas 100% presenciais “não tem como manter os protocolos sanitários com essa medida”, disse o presidente do Sintet Regional de Palmas, Fábio Lopes.

A decisão foi tomada pela categoria em assembleia realizada online na noite desta quarta-feira (29).

Os profissionais da educação votaram por uma paralisação das aulas na próxima segunda-feira, 04. Um ato público será realizado amanhã (01), a partir das 8h, em frente a Prefeitura de Palmas.

NOTA SOBRE O RETORNO DAS AULAS 100% PRESENCIAIS EM PALMAS

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet) vem a público denunciar o risco do retorno das aulas 100% presenciais na rede municipal de Palmas.

Os profissionais de ensino alertam a sociedade que com essa decisão da Prefeitura de Palmas é impossível a manutenção dos protocolos sanitários necessários para conter o vírus.

Como a escola vai manter o distanciamento de dois metros em uma sala de aula com quase 40 alunos?

Pesquisas comprovam que o Brasil é o segundo país com maior número de crianças mortas pela COVID-19. JÁ SÃO MAIS DE MIL MORTES, NÃO QUEREMOS PALMAS NESTE RANKING!

Prefeita Cintia, a pandemia não acabou! O controle da contaminação se deve a vacinação e manutenção dos protocolos sanitários. Não é o momento de abrir mão dos protocolos!  A volta das aulas 100% presenciais coloca a vida das crianças e profissionais em risco. 100% NÃO DÁ!

(Sintet, 01/10/2021)