2021 10 21 giro sintero

O Sintero, representado pela presidenta Lionilda Simão, o secretário de Imprensa e Divulgação, Sandro Luiz Ascuy de Oliveira e o secretário de Funcionários de Escola, Neilton do Vale Vidal, estão em Brasília para intensificar e contribuir com a mobilização contra a PEC 32/2020, que trata da Reforma Administrativa. Havia expectativa de que o texto fosse votado nos dias 19 e 20 de outubro, mas devido a mobilização e falta de quórum, a proposta não foi colocada em pauta. Apesar disso, o movimento de pressão e resistência continuará em Brasília.

O conjunto de atividades promovidas em Brasília visam pressionar os deputados federais a manifestarem voto contrário à PEC 32/2020 e o cronograma foi definido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Na programação de terça-feira (19), sindicalistas, profissionais da educação e estudantes devem manter concentração no aeroporto de Brasília para recepcionar os parlamentares que chegarem na cidade. Posteriormente, haverá concentração na Câmara dos Deputados. Na quarta-feira (20), a programação segue no mesmo formato.

Caso seja aprovada, a Reforma Administrativa possibilitará o corte de salários, a terceirização dos serviços públicos, apadrinhamento de cargos, fim dos concursos públicos, entre outros.

“Nossa pressão é para impedir que o total desmonte seja aprovado com aval do legislativo. A Reforma Administrativa não melhora o serviço público, ela apenas retira direitos e precariza serviços básicos e fundamentais no qual a população tanto precisa”, disse Lionilda Simão.

(Sintero, 21/10/2021)