REIVINDICAÇÕES

 

 

2022 03 10 roberto parizotti cut

Foto: Roberto Parizotti/CUT Brasil

A Agência Nossa publicou nesta quarta (9) um levantamento sobre as expectativas dos sindicatos que representam doze classes de trabalhadores, entre eles a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). A principal demanda comum é a retomada de direitos trabalhistas perdidos desde o governo Temer, quando foi aprovada a reforma na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Os representantes dos trabalhadores também acenam para a recuperação de programas e políticas públicas desmanteladas ao longo dos últimos anos e esperam boicotes à reforma administrativa. 

Entre os pleitos para este ano de eleição presidencial, o presidente da CNTE, Heleno Araújo, cita a regulamentação do FUNDEB e a rejeição da reforma administrativa, entre outras medidas propostas pelo governo Bolsonaro. “De imediato temos que garantir o reajuste do piso de 33,23% que é aplicado para toda a categoria e na carreira de todos os profissionais, alcançando ativos, aposentados e aposentadas”, afirma.

>> Leia a matéria completa no site da Agência Nossa - clique aqui 

>> Saiba mais sobre a luta da CNTE pelo cumprimento do reajuste de 33,23%