banners mocao de repudio 2

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, entidade representativa dos profissionais do setor público da educação básica brasileira, vem a público REPUDIAR declaração do vereador José Augusto (PDT), do município de Araci/BA, em que ataca os professores e seu sindicato de forma absolutamente desrespeitosa.

Em sessão itinerante da Câmara de Vereadores, no povoado de João Vieira, diante de cobranças justas e legítimas da população, o referido vereador passou a desferir impropérios contra os professores e sua entidade APLB-Sindicato. Em um ataque verborrágico sem a menor correspondência com a realidade, o vereador se permitiu a dizer que a educação recebe muito dinheiro e que os professores, em sua grande maioria, só pensariam em dinheiro.

É estarrecedor que um vereador se arvore a dizer impropérios dessa natureza! Todos sabem da trágica situação de subfinanciamento por qual passa a educação brasileira, em especial nesse momento político de retirada de direitos e ataques sem precedentes aos direitos sociais e dos trabalhadores. E também não deixa de surpreender que uma declaração dessas venha de um representante político de um partido que carrega no nome a insígnia do trabalhismo.

Se não bastasse essa declaração desastrosa e desrespeitosa com os professores, o referido vereador ainda se permitiu a comparar a sua remuneração de vereador com a do professor da educação pública do município, fazendo claramente uma chacota com o exercício de um trabalho nobre e valoroso socialmente.

Os/as educadores/as brasileiros/as colocam-se de forma solidária ao lado dos/as educadores/as do município de Araci/BA, atingidos de forma desrespeitosa por esse vereador. Da mesma forma, colocamo-nos também ao lado da APLB-Sindicato que, em seus mais de 60 anos de história na defesa dos/as professores/as do Estado da Bahia, foi atacado de forma vil. Repudiamos a fala desrespeitosa desse pretenso representante do povo e exigimos a imediata retificação de sua fala!

Brasília, 17 de novembro de 2017
Diretoria Executiva da CNTE