CONAPE 2022

2022 07 17 site leao retratos escola
Foto: Jordana Mercado

Com auditório lotado, na noite deste sábado (16), a professora aposentada, Leda Scheibe, lançou a nova edição da Revista Retratos da Escola, número 34, volume 16 - que tem como tema: "O que esperar do Novo Ensino Médio?". Produzida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE) e a ESFORCE, escola de Formação da entidade, a publicação faz 15 anos de existência e traz um dossiê que tem como objetivo analisar e aprofundar os debates sobre o tema, particularmente preocupante em 2022, quando a reforma desta etapa de ensino está em plena implementação. A professora da Universidade Federal de Santa Catarina, que também é editora da Revista, disse que não costuma ter lançamento de novas edições normalmente e que as três vezes por ano que tem nova revista é lançada na CNTE.

Leda fez questão de chamar o presidente em exercício na CNTE, Roberto Leão, para falar sobre a revista e também dizer sobre a qualidade da revista, que tem artigos de doutorandos e mestrandos que contam como pontuação acadêmica.

"O ‘Novo Ensino Médio’ é uma forma prática de executar o que o governo Bolsonaro, na voz de seu quarto (ex) ministro da educação, proclama: que os pobres podem até sonhar com a universidade, mas não é desejável que todos tenham acesso a ela", essa frase de Gaudêncio Frigotto abre o editorial da nova edição e foi publicada na nota da CNTE sobre a nova edição da Revista.

 >> Veja o vídeo do lançamento da Revista Retratos da Escola"O que esperar do Novo Ensino Médio?", com professora Leda e o professor Roberto Leão

04 conape

No segundo dia da Conape Também teve lançamentos de livros, estandes e Feira da Economia Solidária, além de alimentação e artesanato, Exposições Centenário Paulo Freire e história dos festejos juninos e Campanha de Pé no Chão se Aprende a Ler. A recepção, às 8 da manhã, foi feita pelos alunos do Instituto de Música Waldemar de Almeida – FJA, conhecido como Grupo de Chorinho.

 Veja tudo o que rolou da Conape

>> Veja aqui a playlist CONAPE 2022 no canal da CNTE no Youtube

Atividade autogestionada

atividade autogestionada conape2022 

As atividades autogestionadas aconteceram ainda antes do almoço. Para o debate sobre os desafios da Educação Pública na América Latina, organizado pela CNTE, participaram: Yamile Socolovsky, secretária de Relações Internacionais da Federação Nacional dos Docentes Universitários (CONADU), Combertty Rodriguez, coordenador Regional Principal da Internacional da Educação na América Latina e Eduardo Pereyra, secretário de Relações Internacionais da Central de Trabalhadores da Educação da República Argentina– CTERA, Argentina.

>> Veja os vídeos da atividade "Desafios da Educação na América Latina" pela playlist 

Apresentação dos trabalhos acadêmicos.

Ainda na parte da manhã, aconteceram sessões de debates das comunicações orais (apresentação dos trabalhos acadêmicos) divididos em seis temas: Políticas, Gestão e Avaliação da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio; Políticas e Gestão da Educação Básica: Inclusão e Diversidades; Planejamento, Gestão democrática e Financiamento da educação básica; Currículo, BNCC, Tecnologias: Privatização e Retrocessos; Valorização e Formação Profissional; e Políticas e Gestão de Educação Superior e da Educação Profissional e Tecnológica;

Ivete Caetano, presidenta do Sintepe/PE, foi uma das (os) trabalhadoras (es) que apresentou o seu trabalho, com o tema: "O sintepe na luta pela vida e pela educação pública em um cenário de crise". Ela avalia que a campanha salarial educacional de 2022 do Sintepe/PE trouxe conquistas históricas alicerçadas em lutas nacionais da CNTE como o piso salarial do magistério e o Fundeb.

>> Veja a playlist dos Trabalhos Acadêmicos 

Plenária dos Eixos – Documento Base Conape 2022

Na parte da tarde, do segundo dia da Conape, trabalhadoras e trabalhadores da educação se dividiram em plenárias de eixos para debater o Documento Base Conape 2022, com a seguinte divisão:

Eixo I – Décadas de lutas e conquistas sociais e políticas em xeque: o golpe, a pandemia e os retrocessos da agenda brasileira.
Eixo II – PNE, Planos decenais, SNE, Políticas setoriais e direito à educação.
Eixo III – Educação, Direitos humanos e diversidade: justiça social e inclusão.
Eixo IV – Valorização dos/as profissionais da educação: participação, transparência e condições de trabalho e saúde.
Eixo V – Gestão democrática e financiamento da educação: participação, transparência e controle social.
Eixo VI – Construção de um projeto de nação soberana e de um Estado democrático em defesa da democracia, da vida, dos direitos sociais, da educação e do PNE.

O documento final recebeu destaques e propostas de notas e moções e será apresentada neste domingo (18), último dia da II Conape.

Veja as fotos da II Conape na página da CNTE no Facebook:

>> Fotos do dia 15 de julho

>> Fotos do dia 16 de juho