marcha dos cem mil facebook post

Na próxima quinta-feira (31/3), a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e seus sindicatos filiados participam da marcha dos 100 mil, em Brasília. As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo realizarão em conjunto o Dia Nacional de Mobilização, com manifestações em várias cidades brasileiras.

Segundo os organizadores, a mobilização conta com cinco eixos de luta: contra a Reforma da Previdência; não ao ajuste fiscal e cortes nos gastos sociais; em defesa do emprego e dos direitos dos trabalhadores; Fora Cunha e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

De acordo o presidente da CNTE, Roberto Leão, os educadores vão se somar aos demais trabalhadores e dizer que não toleram nenhuma perda de direito. “A luta é também em defesa da educação, contra as OSs, a privatização e mercantilização do ensino; e a militarização da escola".

A concentração para a atividade na capital federal começará às 14h, no estacionamento do estádio Mané Garrincha e às 18h a marcha segue em direção à Praça dos Três Poderes.