banner reforma da previdencia

No dia 20 de fevereiro, será realiza em São Paulo, a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. Organizada e já convocada nos Estados e municípios pelas Centrais Sindicais, o encontro tem como pauta principal a defesa da previdência pública, aposentadoria e seguridade social, com definição de propostas, estratégias e formas de luta.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) deliberou no Conselho Nacional de Entidades (CNE) pela luta firme contra a Reforma da Previdência, definindo que fosse seguido o calendário da CUT. A Confederação, orienta que as entidades articulem e participem das plenárias municipais e estaduais.

É fundamental também que as direções dos sindicatos realizem debates até 15 de fevereiro, considerando as questões políticas e jurídicas do documento da ANÁLISE DE DOCUMENTO SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA PUBLICADO NA IMPRENSA, levando esta análise também para as plenárias municipais e estaduais.

As observações em relação ao documento, para serem sistematizadas e levadas para a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora, devem ser encaminhadas à CNTE até 18 de fevereiro, acompanhadas dos nomes dos/as representantes da entidade que participarão da Assembleia Nacional, garantindo a articulação da educação durante a Assembleia.

Para o dia 20 de fevereiro, também está em organização uma grande manifestação em São Paulo. A orientação de que manifestações também sejam organizadas nos Estados.